i9magazine

“Errar é humano”

Versão para impressão
O insucesso na criação de um negócio é muitas vezes visto como um tema tabu entre os empreendedores, mas para a Bright Pixel é uma oportunidade de aprendizagem que deve ser aproveitada no desenvolvimento de um novo negócio. É neste âmbito que a company building studio lança um capítulo sobre “falhanço”, inserido no programa Insert Coin, a única iniciativa no país que apoia e investe em ideias preliminares – os Minimum Viable Products (MVP).

A Bright Pixel arranca, em outubro, com um programa dedicado aos insucessos no empreendedorismo, no qual se irão conhecer algumas das dificuldades com que os empreendedores se deparam e que, muitas vezes, os fazem desistir de continuar a tentar. O programa irá prolongar-se durante os próximos meses e, em todos os eventos, serão entrevistados novos empreendedores.

Para Celso Martinho, CEO da Bright Pixel, o insucesso é um tema obrigatório neste setor. “Ser empreendedor implica estar disposto a correr riscos, mas não significa saber tudo. E, como em tudo, a experiência é essencial para construir algo melhor. Por isso, além de querermos incentivar o jovem talento a juntar-se a nós, queremos também desafiar os empreendedores que já falharam anteriormente a reerguerem-se e darem uso à sua experiência na construção de soluções que podem marcar o futuro e na partilha da sua aprendizagem com os que estão a começar”, explica o responsável.

A iniciativa conta com a Sónia Teles Fernandes, fundadora do evento World Failurists Congress, que orientará os empreendedores convidados ao longo de entrevistas e de debates abertos ao público. Para a embaixadora da Bright Pixel para o falhanço, “falhar faz parte do processo. Não é uma questão de se, mas de quando. Os falhanços não podem ser estigmatizados; são uma preciosa fonte de informação para nos guiar para a frente.”

O primeiro encontro está agendado para quarta-feira, dia 10 de outubro, às 18h30, na sede da Bright Pixel, no Chiado. José Carreiro, responsável pela criação das extintas startups Neodomus e Nozomi, junta-se a Hugo Castro, anteriormente à frente da start-up Bora e agora cofundador e CEO da Goin, são os primeiros convidados a partilhar as suas experiências.

O evento é gratuito e aberto ao público e as inscrições podem ser feitas através do link.

O conteúdo “Errar é humano” aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close