Sociedade

Empresários estrangeiros mantêm negócios no país

Um estudo da Ernst&Young sobre a competitividade das empresas nacionais concluiu que há mais empresários estrangeiros em Portugal dispostos a manter negócios em 2010 do que nos anos anteriores.

Versão para impressão
Um estudo da Ernst&Young sobre a competitividade das empresas nacionais concluiu que há mais empresários estrangeiros em Portugal dispostos a manter negócios em 2010 do que nos anos anteriores.

O estudo foi realizado junto de 204 empresários de todo o mundo e indica que 58% diz “definitivamente não” à deslocalização do seu investimento de Portugal para outro país, valor superior aos 47% que diziam o mesmo em 2009.

“Mais importante em alturas de crise do que captar novo investimento é reter o que cá está. E quando nós olhamos para as intenções de retenção de investimento, essas são mais robustas, mais sólidas em 2009 e 2010”, afirmou ao Expresso o responsável da Ernst&Young José Gonzaga Rosa.

“É maior a percentagem de investidores que diz assertivamente que quer ficar quando comparado com anos transatos”, confirmou José Gonzaga Rosa, à margem da apresentação do estudo da consultora sobre a competitividade em Portugal.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close