Em Destaque Sociedade

Educação financeira tem impacto positivo nas decisões das crianças

Projeto “No Poupar Está o Ganho!” da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda mediu impacto social na vida real das crianças e suas famílias
Versão para impressão
por redação

Há sete anos que a Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, sediada no Porto, leva a literacia financeira a centenas de crianças do primeiro, segundo e terceiro ciclos do Ensino Básico e Secundário, através do projeto “No Poupar Está o Ganho”, com grande incidência na região do Porto e Norte. Neste contexto, a Área Metropolitana do Porto encomendou à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto um estudo com vista a medir o impacto social deste projeto. As conclusões são claras: a educação financeira tem um impacto social positivo quer no que respeita a competências próprias da literacia financeira quer na gestão quotidiana do dinheiro. Participaram na investigação 2309 crianças, tendo-se constituído dois grupos de análise: um grupo experimental do estudo e um grupo equivalente de crianças que não foram abrangidas pelo programa de educação financeira.

O estudo coordenado por Rui Serôdio revela que as crianças que participaram no programa (em contraste com as do grupo de controlo) se tornaram mais capazes de tomar/identificar decisões adequadas em diferentes dilemas comuns na gestão quotidiana dos recursos financeiros. Por exemplo, abdicar da aquisição de um bem porque este é mais desejado do que é necessário ou é de duração efémera. Registou-se igualmente uma mudança significativa na identificação das diferentes alternativas existentes para a resolução de um problema familiar que requer dinheiro imprevisto e, de entre elas, escolher as mais adequadas. Por exemplo, para fazer face a um acidente ou a um problema de saúde, tomar decisões entre um empréstimo, um seguro, uma poupança, etc.

A investigação envolveu igualmente quase dois mil pais, sendo que também estes conseguiram perceber alterações no comportamento dos seus filhos. Após serem expostos ao programa de literacia financeira, pais e mães inquiridos afirmam que as crianças estão mais conscientes, preparadas, motivadas e curiosas relativamente à gestão quotidiana do dinheiro da família. A par disso, são agora capazes de identificar melhor uma necessidade e um desejo, o essencial e o supérfluo, e o que é e para que serve a poupança. No que toca à relação entre promoção de literacia financeira e promoção de desenvolvimento psicossocial, as crianças que participaram no projeto da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda passaram a expressar emoções mais positivas face a expetativas pessoais que não se realizam devido à necessidade de gestão dos recursos familiares, e também maior compreensão/empatia relativamente a decisões dos pais sobre os recursos financeiros familiares.

 

Há sete anos a preparar uma nova geração de consumidores

Concebido em 2010, o projeto “No Poupar Está o Ganho” já formou desde então mais de 11.500 alunos. Transferir conhecimento para capacitar jovens a tomar decisões financeiramente corretas, criar uma nova geração de consumidores informados e incluir a educação financeira nos projetos educativos para com isso promover a mudança de vida de todos os envolvidos (alunos, pais e professores) são os seus principais objetivos. A iniciativa – que tem como parceiros institucionais a Universidade do Porto, através da Faculdade de Economia, e o Banco de Portugal – desenvolve-se ao longo de todo o ano letivo e inclui igualmente formação para professores, de modo a que estes estejam preparados para transmitirem os principais conceitos de educação financeira aos seus alunos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close