Sociedade

Dois novos sites de boleias em Portugal

Com a crise, a prática das "boleias" torna-se cada vez mais "popular". Partilhar um carro, para poupar dinheiro ou proteger o ambiente, é a proposta dos sites Um Coche e boleia.net.
Versão para impressão
A prática de arranjar boleias online está a tornar-se cada vez mais popular em Portugal. Habitualmente, os utilizadores deste serviço recorrem a grupos de Facebook mas, recentemente, surgiram dois sites portugueses, Um Coche e Boleia.net, que prometem tornar a partilha de boleias ainda mais fácil e segura. 
 
O ‘carpooling’ (ou boleias) começou na rede social Facebook, com a criação de vários grupos que incentivavam esta prática. Com origens e destinos variados, bastava o acesso às páginas para arranjar boleia para o destino desejado. 

Pensado pelos criadores do grupo de boleias com maior sucesso – o grupo “Porto-Lisboa e Lisboa-Porto”, que conta com mais de 16.000 membros – nasce Um Coche, uma plataforma de gestão online das boleias.

Como se lê no site da organização, trata-se de uma forma simples de “partilhar uma viagem de carro, uma experiência, uma aventura, muitas emoções, 'network', risos e gargalhadas, gastos, consumos de CO2 ou até azeite.”

O site começou a funcionar em versão beta no final de Setembro e contempla pelo menos onze destinos (Vila Real, Braga, Porto, Aveito, Covilhã, Viseu, Coimbra, Leiria, Lisboa, Évora e Faro), num total de 110 rotas. 

50 destinos no Boleia.net

Já o Boleia.net surgiu há três meses. Com o objetivo comum de facilitar a pesquisa de condutores e passageiros que queiram partilhar uma viagem, a plataforma é uma ideia de Toni Jorge, ex-diretor do comparador de preços, KuantoKusta. 

 
Segundo o comunicado de imprensa enviado ao Boas Notícias, Lisboa é, neste momento, a cidade mais “popular “ do site. Ainda assim, há cada vez mais viagens relacionadas com as 50 cidades portuguesas disponíveis na plataforma.
 
Dados do Boleia.net desmestificam a ideia de que apenas os estudantes usufruem destas técnicas de poupança – “34% dos membros têm mais de 35 anos [e] há, sensivelmente, tantos homens, como mulheres a utilizar o nosso serviço.”, afirma o responsável. 
 
O mesmo comunicado reitera ainda que a partilha das viagens propostas reduz entre 25% e 50% o preço por passageiro, em comparação com a mesma viagem feita de comboio. Já o condutor, que faz a viagem com mais 3 ou 4 pessoas, está a poupar entre 75% e 80% do valor que pagaria se fosse sozinho. 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close