Saúde

Diabetes: canela reduz níveis de açúcar

A ingestão diária de dois gramas de canela durante 12 semanas melhora os valores da pressão sanguínea e os níveis de açúcar no sangue em pessoas com diabetes do tipo 2, indica um estudo realizado pelo Imperial College e pela Thames Valley University,
Versão para impressão
A ingestão diária de dois gramas de canela durante 12 semanas melhora os valores da pressão sanguínea e os níveis de açúcar no sangue em pessoas com diabetes do tipo 2, indica um estudo realizado pelo Imperial College e pela Thames Valley University, em Londres, com o apoio do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido.

O estudo contou com a participação de 58 pacientes com diabetes do tipo 2 e tratou-se de uma análise aleatória, com controlo por placebo. Os resultados obtidos revelaram que a canela poderá ser considerada um interessante suplemento e até uma possível alternativa à medicação tradicionalmente utilizada em casos de diabetes.

A sustentabilidade e durabilidade do efeito da canela ainda não foram testadas, assim como a sua tolerância a longo prazo e segurança, no entanto, os efeitos a curto prazo do consumo de canela, como suplemento alimentar, por pacientes com diabetes do tipo 2 parecem promissores. Os dois gramas de canela administradas neste estudo foram consideradas seguras e bem toleradas ao longo das 12 semanas de tratamento.

Neste estudo, os 58 voluntários com diabetes do tipo 2 (também conhecida como Diabetes Não-Insulino Dependente), com uma média de 55 anos de idade, tomaram diariamente um suplemento de dois gramas de canela (Cinnamomum cassia), ou placebo, durante 12 semanas. Após este período foi verificado que a toma de canela como suplemento alimentar estava associada à diminuição da pressão sanguínea sistólica e diastólica de 3,4 e 5,0 mmHg, respetivamente, enquanto que no grupo placebo não foram verificadas reduções significativas.

No que diz respeito aos teores de açúcar no sangue, os investigadores verificaram uma redução nos níveis de hemoglobina glicosilada (usada para medir os níveis de açúcar no sangue) de 8,22 para 7,86% no grupo que tomou canela em oposição a um respetivo aumento verificado no grupo que tomou placebo de 8,55 para 8,68.

Este estudo vem reforçar o número crescente de relatórios de investigações que têm revelado que os compostos ativos na canela podem melhorar os parâmetros associados à diabetes, sendo a sua toma como suplemento alimentar efetivamente benéfica na prevenção do desenvolvimento de diabetes e na melhoria do metabolismo da glicose.

A diabetes é uma doença crónica caracterizada pelo aumento dos níveis de açúcar (glucose) no sangue. À quantidade de glucose no sangue, chama-se glicemia. Ao aumento da glicemia, chama-se: hiperglicemia.

A Diabetes é uma condição muito frequente na nossa sociedade e a sua frequência tem vindo a aumentar em todo o mundo ocidental, atingindo os dois sexos. Em Portugal, calcula-se que existam entre 400 a 500 mil pessoas com diabetes.

Clique AQUI para aceder ao artigo original do estudo.

[Notícia sugerida por Maria Sousa]

[Notícia corrigida a 31/03/2011 às 11h30]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close