Sociedade

Design: Jovens portugueses vencem prémio internacional

Dois jovens portugueses venceram o concurso internacional de design interior, Interior Deck Awards, cujo objetivo é promover o talento dos jovens estudantes desta área. Catarina Almeida Santos e João Pereira foram os primeiros portugueses a vencer a
Versão para impressão
Dois jovens portugueses venceram o concurso internacional Interior Deck Awards 2013, cujo objetivo é promover jovens estudantes na área do design de interiores. Catarina Almeida Santos e João Pereira foram os primeiros portugueses a vencer a competição, onde participaram concorrentes de todo o mundo.

por Margarida Cruz

“O desafio passava por criar o interior de um chalé nos Pirenéus, para um cliente fictício que habitava numa grande metrópole e pretendia utilizar este espaço para descansar”, conta Catarina, de 22 anos, ao Boas Notícias. “Quisemos colocar-nos à prova e ver se, efetivamente, conseguíamos concluir um projeto desta dimensão fora do ambiente escolar a que estávamos habituados”, acrescenta.

A dimensão internacional do concurso também pesou na decisão dos dois estudantes de se aventurarem e mostrarem do que eram capazes ao mundo. “Achámos uma oportunidade única pois não existem muitos concursos na área dos interiores. Além disso, os prémios para o projeto vencedor eram aliciantes, pois 'exportavam' o nosso trabalho para o estrangeiro”, revela a jovem licenciada em Design pelo Instituto de Arte, Design e Empresa (IADE), em Lisboa.

Mesmo assim, a expectativa de ganhar era mínima até porque, a concorrer, estavam os melhores alunos dos quatro cantos do mundo. “No início, entregaram-nos o material necessário, como as plantas e alçados do espaço. No entanto, não tínhamos qualquer tipo de descrição dos gostos do cliente ou daquilo que se pretendia. Era cada um por si”, diz a estudante de Torres Vedras.

Primeiro prémio e destaque internacional
 

Deitaram mãos ao projeto com algumas palavras-chave em mente, como, por exemplo modernidade, simplicidade e conforto. “Pela localização do chalé, pensámos sempre num ambiente bastante confortável, que foi possível com a utilização de muitos tecidos, de forma a criar um ambiente caloroso.”

“A beleza do local também permitiu projetar todo o interior “virado” para o exterior, numa atitude de contemplação da paisagem. E, claro, não descuramos os materiais tipicamente utilizados nestas construções, como as madeiras e a pedra”, explica.

A estratégia valeu-lhes o primeiro prémio do concurso e o trabalho desenvolvido publicado em vários jornais e revistas internacionais. “O reconhecimento tem sido constante, temos recebido imenso apoio, o que nos dá uma força incrível para continuarmos a lutar pelo nosso futuro na área que nos apaixona, que é o Design”.

Atualmente, Catarina e João, de 26 anos, encontram-se no segundo ano de Mestrado em Produção, na mesma instituição onde se licenciaram. Ela em Produção de Ambientes, ele em Produção Industrial.

Clique AQUI para conhecer o trabalho vencedor destes jovens portugueses e AQUI para saber mais sobre os InteriorDeck Awards.

Notícia sugerida por Maria Pandina

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close