Saúde

Descoberto vírus que elimina cancro da mama em 7 dias

NULL
Versão para impressão
Cientistas da Universidade PennState, no estado da Pensilvânia (Estados Unidos) anunciaram,  na  semana passada, a descoberta de um vírus que, em laboratório, consegue matar as células do cancro da mama em “apenas sete dias”.
 
O vírus, conhecido como adeno-associado tipo 2 (AAV2), é transportado por cerca de 80 por cento dos seres humanos e não causa qualquer doença.
 
Os investigadores descobriram as propriedades anti cancerígenas do vírus em 2005, quando verificaram que as mulheres que transportam este vírus e que contraíram o papilomavirus humano (responsável pelo cancro do colo do útero) tinham menos probabilidades de desenvolver determinados tipos de cancro.
 
Aplicado em células cancerígenas de cultura, o vírus conseguiu destruir 100 por cento das células em apenas sete dias. Os cientistas também testaram, como sucesso, a aplicação do vírus no tratamento de outros tipos de cancro, como o da próstata.
 
Segundo Samina Alam, uma das autoras do estudo, o AAV2 não ataca as células saudáveis. No entanto, se doses extra do AAV2 forem aplicadas em humanos, o sistema imunitário do corpo poderá reagir para tentar eliminar o vírus. Por isso é importante saber como o vírus atua antes de o aplicar em doentes.

Clique AQUI para aceder ao comunicado da PennState.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes, Raquel Baêta e Gonçalo Pereira]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close