Mundo

Descoberto outro navio afundado com tesouro de prata

NULL
Versão para impressão
A sorte voltou a tocar à equipa de expedição americana Odyssey Marine Exploration. Os investigadores encontraram os destroços de um novo navio afundado com uma grande carga de prata a bordo. Esta é a segunda descoberta feita no espaço de duas semanas, depois de terem encontrado o SS Gairsoppa, com a maior quantidade de metais preciosos já descobertos no mar.

Desta vez foi o SS Mantola, um navio britânico afundado por um submarino alemão em 1917, ao largo da Irlanda. O navio fazia a deslocação entre o Reino Unido e Calcutá, na Índia. Passados quatro dias de sair do porto de Londres foi torpedeado e acabou 2500 metros abaixo do nível do mar, no Oceano Atlântico.

A Odyssey Marine Exploration afirma que nos destroços estão 19 toneladas de prata, o equivalente a 19 milhões de dólares, informa a Associated Press. A equipa está a preparar uma ação de recuperação dos destroços para o próximo verão, altura em que também vão recuperar os metais preciosos do Gairsoppa.

O valor do tesouro será dividido entre a Odyssey e o Departamento de Transportes do Governo Britânico, sendo que a equipa de expedição ficará com a maior fatia, ou seja, 80% do valor total.

Na altura do naufrágio, em 1917, O Ministério dos Transportes de Guerra Britânico pagou um seguro de 110 mil dólares pela prata que ia a bordo do Mantola quando ele afundou.

No desastre morreram sete passageiros, tendo todos os restantes 158 membros da tripulação e os 18 passageiros sobrevivido. O navio britânico estava ao serviço há menos de um ano.

Os destroços agora encontrados estão localizados apenas a 100 milhas (160km) dos destroços do SS Gairsoppa.

Veja o vídeo dos destroços clicando no link acima.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta e Vitor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close