Ciência

Descoberto esqueleto quase completo de mamute

Um esqueleto quase completo de um mamute com 200 mil a 500 mil anos foi encontrado nos arredores de Paris por um grupo de arqueólogos.
Versão para impressão
Um esqueleto quase completo de um mamute com 200 mil a 500 mil anos foi encontrado nos arredores de Paris por um grupo de arqueólogos. A descoberta foi feita por acaso quando os cientistas trabalhavam numas escavações de umas ruínas romanas.

Os vestígios encontrados incluem quase toda a coluna, fémur, mandíbulas e a pélvis e acredita-se que os ossos sejam de um mamute lanoso adulto, espécie extinta há cerca de dez mil anos.

 
Em declarações à BBC, Brunno Foucray, curador do património de França, classificou esta descoberta como “excecionalmente rara”, visto que, naquele país, somente foram encontrados três espécimes deste animal em 150 anos.
 
O animal encontrado pelos arqueólogos foi apelidado de Helmut e acredita-se que tenha morrido quando tinha entre 20 a 30 anos.

De recordar, que, ainda este ano, tal como o Boas Notícias noticiou, foram encontrados restos mortais de mamutes em perfeitas condições na Sibéria.

À data, os cientistas revelaram que esperavam encontrar nesses restos mortais células vivas que poderiam  trazer de volta à Terra este animal.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close