Mundo

Descoberto aqueduto na Universidade de Coimbra

Um aqueduto com mais de um século foi encontrado nos terrenos da Universidade de Coimbra, durante operações de limpeza no instituto.
Versão para impressão
Um aqueduto com mais de um século foi encontrado nos terrenos da Universidade de Coimbra, durante operações de limpeza. A instituição estava a preparar o terreno para a implementação de um novo projeto agrícola quando fez a descoberta.
 
Helena Freitas, vice-reitora da universidade, explicou à agência Lusa que ainda não é possível datar a construção da estrutura, mas estima que “terá mais de um século”. A responsável refere que o aqueduto “deve ter funcionado durante muito tempo para rega de terrenos agrícolas”.
 
Na sequência desta descoberta, Helena Freitas acredita que “outros terão existido e podem ter sido destruídos pelas estradas que foram sendo feitas” na zona do Polo II da Universidade de Coimbra. “É uma surpresa muito interessante”, salientou.
 
Segundo a vice-reitora, o aqueduto poderá revelar que houve “uma atividade agrícola bastante regular e cuidada” naquela área da cidade.
 
A Universidade de Coimbra vai preservar o aqueduto, que está “muito visível” e que se mostra “intacto”, e aproveitar para para poder divulgar a atividade agrícola desenvolvida nas margens do Mondego.
 
“É um indicador forte, ainda mais válido nos tempos de hoje, de que o país soube aproveitar as suas áreas com aptidão agrícola. É fundamental, agora, recuperar essa tradição”, salientou.

[Notícia sugerida por Ana Oliveira e Lídia Dinis]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close