Ciência

Descobertas duas galáxias “gémeas” da Via Láctea

Um grupo de investigadores identificou dois sistemas de galáxias idênticos ao da Via Láctea. Os cientistas, da University of Western Australia e da University of St Andrews, na Escócia, apresentaram a descoberta ontem na International Astronomical Un
Versão para impressão
Um grupo de investigadores identificou dois sistemas de galáxias idênticos ao da Via Láctea. Os cientistas, da University of Western Australia e da University of St Andrews, na Escócia, apresentaram a descoberta ontem na International Astronomical Union General Assembly, em Pequim, China.

O projeto liderado por Aaron Robotham, do International Center for Radio Astronomy Research(ICRAR), pertencente à University of Western Australia, identificou, pela primeira vez, um grupo de galáxias com estrutura semelhante à nossa. A descoberta foi feita através do Galaxy Mass Assembly, o mapa mais completo referente às proximidades do sistema solar.

Os cientistas revelaram, em comunicado divulgado pelo ICRAR, que embora a Via Láctea seja comum por si só, quando vista em conjunto com as Nuvens de Magalhães torna-se rara, tendo-se pensado ser única até agora. “Nunca tínhamos encontrado um sistema como a Via Láctea”, explicou Robotham, salientando que a descoberta só foi possível devido aos mais recentes tipos de análise implementados.

Foram necessários telescópios de grande alcance e qualidade para que se pudessem detetar não apenas as galáxias mas também “os seus companheiros”, aquilo que as rodeia. O investigador frisou que a equipa “tinha de garantir que nenhuma galáxia escapava à observação”.

Depois de centenas de milhares de galáxias observadas, os cientistas detetaram um total de 14 com características semelhantes à nossa, particularmente pelo facto de terem ‘galáxias companheiras’ como a Nuvem de Magalhães. Dos 14 sistemas identificados, dois foram referidos como “quase idênticos” à Via Láctea.

Aaron Robotham e a equipa de investigação apresentaram as conclusões da observação na International Astronomical Union General Assembly, em Pequim. Perante a importância da descoberta, o grupo foi recompensado com novos telescópios para estudar estas dois novos sistemas, agora que já foram descobertos.

Para aceder a mais informações clique aqui.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close