Ambiente

Descoberta origem do Elefante no Alentejo

Investigadores cientificos do Geopark Naturtejo deram mais uma pequeno passo na descoberta para reconstruir a história do elefante moderno. O trilho de pegadas deste animais de grande porte extinto há mais de 30 mil anos é o primeiro vestigio europeu
Versão para impressão
Investigadores cientificos do Geopark Naturtejo deram mais uma pequeno passo na descoberta para reconstruir a história do elefante moderno. O trilho de pegadas deste animais de grande porte extinto há mais de 30 mil anos é o primeiro vestigio europeu do comportamento social do Elefante Antigo.

Coordenada pelo paleontólogo Carlos Neto Carvalho a equipa investiga vestígios arqueológicos ao longo do litoral do sudoeste alentejano e da costa vicentina.

Estas pegadas descobertas do Elephas antiguus, parente próximo do Elefante Asiático, permitiram conhecer não só a anatomia destes animais bem como deram a hipótese aos investigadores de conhecer o seu comportamento e habitat.

Carlos Neto confessa só faltar agora conseguir parceiros para cooperar e possibilitar “um processo de replicação, utiliando tecnologias recentes, que permitem conservar toda a informação cientifica num espaço que depois poderá ser um centro de interpretação ou um museu local.”

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close