Cultura Em Destaque

Dancefloor forte na região de Leiria

Organização de festival trouxe mais de 15 mil visitantes de todo o mundo à cidade do rio Lis, resultando em mais de 150.000 euros de investimento na região.
Versão para impressão

 Três meses depois de findado, o festival DanceFloor conclui o balanço da sua quarta edição com números de assinalar para o crescimento socioeconómico da cidade de Leiria, angariando mais de 150.000 euros em ganhos para a região.

Depois de vários artistas de renome internacional terem passado pelo palco da maior pista de dança do país, que teve lugar a no estádio Municipal Dr. Magalhães de Pessoa, nos dias 27 e 28 de julho, como – Carnage, Blasterjaxx, Noisecontrollers, Vendark, Kevu, Will Sparks, Zatox, Vinai e Nicky Romero-, a organização assegura o efetivo impacto do evento a nível nacional e internacional.

O balanço numérico do festival mostra que dos 15 mil visitantes, mais de 80% vieram de regiões que não a de Leiria, como Porto, Lisboa, Coimbra e Aveiro, e 33,5% de outros países como França, Inglaterra, Bélgica, Suíça, Israel e Alemanha.

Os festivaleiros ocuparam ainda cerca de 1.400 tendas do Parque de Campismo de Pedrogão, os hotéis da região viram-se com uma taxa de ocupação média de 97%, tanto na cidade de Leiria, como nas suas imediações, dado o número de convidados, organização, influenciadores e outros ocupantes que se deslocaram propositadamente para viver dois dias de pura diversão na região centro.

A organização estima, assim, um impacto de 150 mil euros em ativos para a região, juntamente com um investimento de 1 milhão de euros em quatro anos de edições. Nas palavras do diretor do festival, Tiago Martins, “Um sonho que se torna cada vez mais realidade. Estamos a levar Leiria a todo o país e além fronteiras, queremos tornar-nos no maior festival de EDM e Hardstyle do país e inserir a cidade no circuito internacional de festivais do seu género. Os números comprovam que estamos no caminho da concretização dos nossos objetivos. Agradecemos à Câmara Municipal e ao Turismo do Centro por todo o apoio prestado, assim como a todos os parceiros, apoios mediáticos e patrocínios que temos vindo a receber ao longo dos tempos e que são indispensáveis para o sucesso do Dancefloor”.

O festival adquiriu ainda um total de 90% de financiamento externo, investido na região, proveniente de diversos investidores e empresários franceses. A comunicação do mesmo acarretou mais de 190.000€ em campanhas below e above the line.

Em 2019, a organização promete aos fãs de EDM e Hardstyle uma quinta edição com um cartaz igualmente incontornável, perspetivando duplicar os dados deste ano, a fim de criar a meca do Hardsytle e EDM em Portugal.

Relembramos que o Boas Notícias foi media partner do evento.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close