Sociedade

Curso de Metrologia garante 100% de empregabilidade

O curso de Metrologia está a garantir 100% de empregabilidade no país. Os conhecimentos desta área são cada vez mais necessários nos diferentes setores económicos, mas o número de licenciados é reduzido.
Versão para impressão
O curso de Metrologia está a garantir 100% de empregabilidade no país. Os conhecimentos desta área são cada vez mais necessários em várias atividades económicas, mas o número de licenciados é reduzido.
 
Há apenas um curso de Metrologia no país, no Instituto Superior de Engenharia do Porto, e quem o termina tem um lugar garantido no mercado de trabalho. Lá fora, chega-se a pagar milhares de euros mensais a quem tem este tipo de formação e a oferece às empresas. 

“Custa-me imenso ver que a enorme ignorância em relação a este ramo da engenharia, que confundem com meteorologia, mas que está presente em todas as atividades económicas que tenham de efetuar medições e, por isso, ainda tem uma grande carência no nosso país”, confessa António Silveira, responsável pelo curso, ao portal Dinheiro Vivo.

No entanto, a falta de adesão está a pôr em causa a existência desta licenciatura. Apesar de ser acessível com a prova de Matemática B (menos exigente que a Matemática A pedida para os restantes cursos de engenharia), foram apenas formados cerca de 20 alunos desde 2006. 

A manter-se assim, aquele que é um dos cursos mais promissores da atualidade, pode estar perante um fim eminente. Já no próximo ano letivo, caso venha a ter um número de candidatos inferior a 10, é dada uma ordem do Governo para o seu encerramento.

Curso transversal a todas as engenharias

Segundo António Silveira, a confusão de metrologia (ciência das medições) com a meteorologia (ciência que estuda a atmosfera terrestre) é a grande responsável pela escassez de candidatos. 


É um curso com uma “enorme transversalidade a todas as engenharias”, fator que contribui para a empregabilidade de 100% do curso. 

Para as diferentes indústrias, são frequentemente pedidos metrologias capazes de calibrar os intrumentos de medição. Em qualquer bomba de gasolina, por exemplo, é visível o selo da verificação metrológica, que garante que a quantidade de combustível indicada pelo aparelho é realmente aquela que meteu no depósito do carro.

Para além disso, são também precisos profissionais destes nos serviços de controle de qualidade em hospitais, onde uma diferença num instrumento pode significar a vida ou a morte. Nas embalagens dos medicamentos, por exemplo, é visível o mesmo selo que garante que as dosagens foram corretamente medidas na fábrica. 


Neste momento, há engenheiros do ISEP a trabalhar nos seis continentes do mundo e o mercado de trabalho continua “ávido de metrologistas”. “No último curso, as empresas pediam estagiários e não ficavam só com um, queriam todos”, conta o responsável.

Clique AQUI para saber mais sobre a licenciatura em Engenharia de Instrumentação e Metrologia.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close