Sociedade

Criminalidade violenta e grave diminui 16,5%

A criminalidade violenta e grave em Portugal diminui 16,5% no primeiro trimestre deste ano face ao mesmo período de 2009, anunciou esta semana o ministro da Admnistração Interna, Rui Pereira na Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Co
Versão para impressão
[Imagem: EPA]

A criminalidade violenta e grave em Portugal diminui 16,5% no primeiro trimestre deste ano face ao mesmo período de 2009, anunciou esta semana o ministro da Admnistração Interna, Rui Pereira na Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações da Assembleia da República.

Segundo o ministro Rui Pereira, nos primeiros três meses de 2010 a criminalidade geral diminui 5,7% face ao período homólogo de 2009.

Citado em comunicado oficial, afirma que os números apresentados “resultam de uma atividade dedicada e competente das forças de segurança”.

Em relação à sinistralidade nas estradas portuguesas, até ao presente mês de junho, foram registados menos 0,3% de mortos, menos 7,3% de feridos graves e menos 2,6% de feridos ligeiros, em comparação com o período homólogo do ano passado, revelou o ministro perante a mesma Comissão na Assembleia.

Os números representam “uma evolução positiva”. “Em 2009 tivemos, pela primeira vez, menos 800 mortos nas estradas num ano. Queremos continuar a melhorar e este ano existem números melhores do que no ano passado e que são um estímulo”, afirmou Rui Pereira.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close