Cultura

Cortiça portuguesa destacada em exposição no Brasil

A cortiça portuguesa é a estrela de exposição de design que está agora em exibição no Brasil. O produto nacional foi trabalhado por seis designers que desenharam peças exclusivas de mobiliário e acessórios.
Versão para impressão
A cortiça portuguesa é a estrela de exposição de design que está agora em exibição no Brasil. O produto nacional foi trabalhado por seis designers que desenharam peças exclusivas de mobiliário e acessórios.
 
A coleção já passou pela IV Bienal Brasileira de Design em Belo Horizonte e deverá chegar esta semana ao Rio de Janeiro. Na exposição estão integradas 15 peças distintas, entre pufes, cadeiras, aparadores e castiçais, que mostraram as potencialidades de construção com a cortiça.
 
O projeto é uma ideia conjunta entre um grupo de investigação, iniciado em 2006, e a indústria de cortiça portuguesa, que acabou por levar à criação da marca Corque Design, em 2009, uma produtora de design ecológico nacional que só faz objetos em cortiça.
 
Ana Mestre, diretora artística da empresa, explicou à agência Lusa que “a Corque tenta representar um pouco de todos os materiais e tecnologias que existem na indústria portuguesa de cortiça de uma forma criativa, utilizando diferentes formas, texturas e cores”.
 
Para além da criatividade, a marca aposta num conceito ecológico de forma a realçar o processo de extração do produto que não danifica as árvores. A Corque aproveita também as sobras do material que não foi utilizado na indústria de rolhas para dar origem a novas peças.
 
O artigo mais elogiado da exposição no Brasil acabou por ser precisamente o bloco de pufes, batizado de “lagarta”, que foi construído com cortiça reciclada. Ana Mestre salienta que “aquilo que não serve para nada, a não ser para a indústria do isolante, tornou-se uma das peças mais bem-sucedidas da exposição”.
 
A artista acredita que, “ao utilizarmos um recurso como a cortiça, estamos a ajudar também na preservação do ecossistema mediterrâneo, quer em termos ambientais, quer económicos ou sociais, tendo em conta que muitas pessoas do Alentejo trabalham para esse setor”.
 
A mostra foi inaugurada esta segunda-feira para convidados no Palácio São Clemente, em Botafogo, residência oficial do cônsul português no Rio de Janeiro, e pretende celebrar o Ano de Portugal no Brasil.
 
Os produtos portugueses vão estar expostos de 22 de Fevereiro a 17 de Março, no Clarck Art Center, também em Botafogo.
 
[Notícia sugerida por Ana Oliveira]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close