Sociedade

Cortiça: maior campanha internacional de sempre

21 milhões de euros serão investidos no programa InterCork - Promoção Internacional da Cortiça, o maior projeto de comunicação de sempre. A campanha serve-se das redes sociais e do planeamento estratégico elaborado por agências locais de 12 países, p
Versão para impressão
21 milhões de euros serão investidos no programa InterCork – Promoção
Internacional da Cortiça, o maior projeto de comunicação de sempre. A
campanha serve-se das redes sociais e do planeamento estratégico
elaborado por agências locais de 12 países, para valorizar a cortiça
como produto natural e conquistar novos mercados na área de materiais de
construção e decoração.

O objetivo é recuperar da quebra de exportações verificada em 2009 (15%) e também conquistar novos clientes e setores de mercado. Como tal, as novas tecnologias são ferramentas que não podem ser ignoradas: sete micro-sites, seis vídeos e três aplicações para o iPhone promovem a cortiça na Internet.

O programa InterCork, apresentado em março passado, é conduzido pela Associação Portuguesa de Cortiça (Apcor), entidade sediada em Santa Maria da Feira.

“De certeza que continuaremos a gerar uma imagem positiva para o setor e conseguiremos fidelizar um novo grupo de pessoas para a cortiça, o público anónimo”, refere Joaquim Lima, diretor geral da Apcor, citado pelo jornal Público.

Conquistar os mercados internacionais

Em Inglaterra, o conselheiro ambiental do Governo local e realizador de filmes premiados com Óscares como “A Missão” irá dar a cara e a voz pela cortiça: Lord Puttnam estará presente nas ações de promoção da matéria-prima natural realizadas por todo o país, à semelhança do que fez José Mourinho há cerca de cinco anos.

A cortiça será ainda promovida num dos três maiores supermercados locais e no festival anual de gastronomia BBC Good Food Show, onde se reúnem cerca de 100 mil visitantes. Joaquim Lima explica o porquê de tão grande investimento: “O que viermos a fazer em Inglaterra terá repercussões nos países anglo-saxónicos”.

França é outro dos países onde irá atuar a campanha do InterCork. Uma das ações planeadas é a criação de uma floresta aérea de rolhas de cortiça, precisamente no centro de Paris.

Nos Estados Unidos pretende-se que a projeção seja ainda maior: os eventos mais mediáticos daquele país, como a cerimónia de entrega dos Óscares, poderão ver a sua clássica passadeira vermelha substituída por uma da mesma cor, mas feita em cortiça.

Está ainda em preparação um roadshow – um veículo de grandes dimensões vai percorrer 15 cidades norte-americanas e canadianas com o intuito de informar arquitetos, designers e decoradores acerca das inúmeras aplicações da cortiça como material de construção e decoração.

Itália, Alemanha, Japão e Emirados Árabes Unidos estão também na mira promocional do programa InterCork, que abrange ainda a dinamização de atividades que promovam Portugal como destino turístico.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close