Negócios e Empreendorismo

Cortiça em destaque na imprensa mundial

A cortiça foi destacada em 8682 artigos na imprensa mundial ao longo dos últimos 19 meses, graças ao Programa Internacional da Cortiça - o Intercork, promovido pela Associação Portuguesa de Cortiça (APCOR).
Versão para impressão
A cortiça foi destacada em 8682 artigos na imprensa mundial ao longo dos últimos 19 meses, graças ao Programa Internacional da Cortiça – o Intercork, promovido pela Associação Portuguesa de Cortiça (APCOR).
 
Trata-se de um programa, orçado em 21 milhões de euros, que teve como objetivo a promoção das exportações da rolha de cortiça e dos materiais de construção e decoração que, no seu conjunto, abarcam 90% da produção nacional.
 
A iniciativa fez com que Portugal e a cortiça tenham sido objeto de uma sólida promoção internacional, sendo que aos mais de 8500 artigos se somaram ainda mais de 600 peças de televisão e de 200 trabalhos radiofónicos num total de 18 horas de emissões. 
 
Além disso, durante os dois últimos anos, estiveram em Portugal mais de 160 jornalistas e líderes de opinião para visitar o nosso país e a Fileira da Cortiça e foram estabelecidas parcerias entre a APCOR e inúmeras cadeias de distribuição internacionais e vinícolas.
 
Álvaro Santos Pereira, ministro da Economia e Emprego, congratulou-se com esta realidade. “O projeto Intercork cumpriu a sua missão. É um caso de boa parceria entre o Estado e a indústria. Ganharam as empresas, ganham os empresários e os trabalhadores. E ganha também a imagem coletiva de Portugal”, defendeu. 
 
Já o presidente da APCOR fez questão de sublinhar, em comunicado, que “o setor da cortiça vai encerrar as exportações de 2011 com um a umento de mais de 8%” face ao ano anterior, “o que irá significar exportações na ordem dos 820 milhões de euros”. 
 
Segundo António Rios Amorim, “é necessário continuar o esforço de divulgação e promoção da cortiça nos mercados chave a nível mundial – EUA, China, Japão, Europa de Leste, entre outros”. Isto porque “estas medidas têm um efeito na evolução das exportações relativamente rápido e duradouro”, como comprovou o programa Intercork. 

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close