Negócios e Empreendorismo

Cortiça: Design luso em exposição na Times Square

NULL
Versão para impressão
Os produtos portugueses continuam a atravessar fronteiras e chegam mesmo aos mercados mais improváveis. Depois de ter sido elogiada pelo New York Times, a marca portuguesa Corque, produtora de materiais em cortiça, foi agora destacada pela revista norte-americana Wired como tendo alguns dos produtos mais inovadores do ano em termos de sustentabilidade.

Até dia 23 de Dezembro quem passar pela Times Square vai poder entrar em contacto com algo bem português: a cortiça. Os quatro produtos distinguidos pela Wired vão estar na zona de 'lounge' de uma loja-exposição criada pela revista, ao lado de invenções como detetores de movimento para jogos de computador ou robôs para a limpeza doméstica.

Os produtos em causa são: uma mesa, duas cadeiras e um conjunto de bancos em cortiça. Foram distinguidos como quatro dos 15 produtos do ano dentro na categoria de “Eco e Eficiência”. Para a empresária da Corque, Ana Mestre, esta distinção “dá uma enorme visibilidade em termos de consumidor final”, cita a Lusa.

A Wired é muito conhecida pela componente tecnológica, de inovação relacionada com a tecnologia, mas é interessante porque na pesquisa destes produtos, que quiseram nomear como produtos do ano, não descuraram a componente da sustentabilidade”, disse à Lusa a designer e empresária portuguesa de 33 anos, que esteve em Nova Iorque a preparar a exposição das peças de mobiliário.

“Penso que viram na Corque essa ligação entre processos tecnológicos que existem – e que olhando para as peças eventualmente passam despercebidos – integrado com a componente de sustentabilidade que tem a cortiça”, adiantou.

Corque esteve na semana de design de Nova Iorque, em Maio

Esta não é a primeira vez que a marca portuguesa é elogiada lá fora. Em Novembro o New York Times publicou um artigo sobre a Corque, além de vários dos seus produtos incluírem o catálogo das lojas do Museum of Modern Art de Nova Iorque. As peças foram ainda apresentadas durante a semana de design da cidade, em Maio. 

A aposta no mercado externo é algo de grande relevância para a empresária portuguesa. “Da nossa experiência, vale mesmo a pena apostar nos mercados internacionais. Mas é preciso um esforço acrescido em equipas que são pequenas, como é o caso da nossa”, afirmou Ana Mestre à Lusa.

Além dos EUA, a Corque está também presente em Itália, Finlândia, Inglaterra e Japão. Durante a exposição em Times Square os consumidores vão poder usar livremente os produtos. Estima-se que 50 mil pessoas visitem a loja, todos os dias.

[Notícia sugerida por Teresa Teixeira e Elsa Martins]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close