Cultura

Cortes no orçamento não atingem património

A garantia foi dada este domingo pelo presidente da Comissão Portuguesa na UNESCO: as restrições orçamentais para reduzir o défice não irão colocar em causa o estado de conservação do património nem a sua classificação.
Versão para impressão
A garantia foi dada este domingo pelo presidente da Comissão Portuguesa na UNESCO: as restrições orçamentais para reduzir o défice não irão colocar em causa o estado de conservação do património nem a sua classificação.

“O estado de conservação do património podia estar melhor, mas nada está ameaçado e não creio que as restrições orçamentais o possam pôr em causa”, disse o embaixador Fernando Andresen Guimarães, em declarações à agência Lusa.
 
Embora tenha admitido que algumas obras possam vir a ser adiadas, o responsável frisou a importância de “não deixar degradar algo que é a nossa imagem, a cultura e a nossa identidade”, acrescentando que a conservação do património é também relevante para o país, ao assegurar postos de trabalho de operários e técnicos especializados.

Por isso, o turismo cultural “não pode ser encarado como um custo mas sim como um investimento” para trazer receitas ao país, declarou Fernando Andresen Guimarães à Lusa.

Entre os monumentos e sítios classificados pela Unesco como património mundial figuram a paisagem cultural de Sintra, o mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém (Lisboa), as pinturas rupestres de Foz Côa, os centros históricos do Porto, Guimarães e Évora e o mosteiro de Alcobaça.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close