Cultura

Coro: Projeto Com Voz ou os seniores do rock

Nasceu em Lisboa um grupo coral de pessoas com mais de 60 anos que quer por toda a gente a 'abanar o capacete' com um reportório que vai desde os Xutos & Pontapés a António variações.
Versão para impressão
Nasceu em Lisboa um grupo coral de pessoas com mais de 60 anos que quer por toda a gente a ‘abanar o capacete’ com um reportório que vai desde os Xutos & Pontapés a António variações. Para crescer, o projeto precisa de 2.500 euros e está a pedir a contribuição de todos através de uma ação de ‘crowdfunding’.

por Patrícia Maia
 

Se pensa que o rock é coisa de juventude inquieta, pense outra vez. Maria José Gonçalves e Filipa Coelho, duas amigas amantes de música, inspiraram-se no projeto norte-americano Young@Heart para criar, em Outubro de 2013, um coro cujo reportório é composto exclusivamente por temas do rock nacional.

Este grupo de seniores ensaia, todas as quartas-feiras, no Centro Cultural Casapiano, em Belém. Acompanhado pela guitarra do maestro Pedro d’Orey, o coro interpreta músicas de bandas como Xutos & Pontapés, Humanos, Táxi e temas de António Variações, entre outros. Em breve, conta Filipa Coelho, o Projeto com Voz deverá “contar com uma banda composta por baixo, bateria e guitarra”.

 

Cabelos brancos também 'abanam o capacete’
 

O objetivo é “ir mais além do coro tradicional e quebrar os estereótipos associados ao mesmo, renovando a imagem do reformado ‘velhinho’, que não se identifica com a oferta atual de atividades dos centros de dia ou das paróquias”, sublinha a mesma fundadora do projeto, ao Boas Notícias.
 
E observando os testemunhos do vídeo da campanha de ‘crowdfunding’ podemos dizer que pelo menos esse objetivo já foi alcançado. Uma das participantes salienta, no vídeo, a “alegria” que sente por participar neste ‘coro do rock’, “apesar dos seus cabelos brancos”. Já a corista mais idosa do grupo incentiva toda a gente “a abanar o capacete”.
 
Neste momento, o coro conta com 23 elementos, com idades entre os 63 e os 82 anos, e tem também uma corista “não sénior”, de 49 anos, já que, diz Maria José Gonçalves, embora o Projeto Com Voz seja dirigido à população mais idosa, “a idade não será, obrigatoriamente, motivo de exclusão”. 
 

 
Grupo procura financiamento de 2.500 euros
 
A participação no projeto é totalmente gratuita e que não exige nenhuma experiência anterior. “O único requisito é gostar de música”, salienta Maria José. Apesar de não ter fins lucrativos, o grupo precisa de financiamento, para ajudar a pagar os honorários do maestro e também para gravar alguns dos temas em estúdio, em princípio já em Fevereiro. 
 
“Queremos fazer esta gravação para podermos fazer uma apresentação pública”, explica, até porque um dos objetivos, a curto prazo, “será realizar concertos ao vivo em vários pontos do país e eventualmente lá fora”. 
 
Quem quiser contribuir para esta iniciativa social (e sobretudo musical), basta aceder AQUI à página do Projeto Com Voz na plataforma de crowdfunding da PPL. Dependendo do contributo que for doado, quem ajudar a financiar o projeto pode receber, como forma de agradecimento, desde t-shirts a ‘downloads’ gratuitos das músicas do Projeto Com Voz.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close