Cultura

Coreia do Sul publica livro de Gonçalo M. Tavares

NULL
Versão para impressão
“Jerusalém”, do escritor português Gonçalo M. Tavares, terá a sua primeira tradução coreana já este mês, sob a chancela da editora Open Books, curiosamente instalada num museu desenhado pelo também português Álvaro Siza Vieira. 

Fundada há 25 anos, a editora é propriedade de Hong Ji-woong,  “um grande apreciador de arquitetura” que terá encomendado o Mimesis Art Museum a Siza Vieira, refere a SIC Notícias.

O espaço situa-se a cerca de 30 quilómetros do centro de Seul, na cidade de Paju, onde se concentram muitas editoras e tipografias sul-coreanas. 

A Open Books é especializada na divulgação de autores ocidentais. O seu catálogo inclui mais de mil títulos de centenas de escritores, desde Dostoievsky a Roberto Bolana. Gonçalo M. Tavares é o primeiro português a fazer parte desse lote.

“Jerusalém” foi distinguido, em 2005, com o Prémio Saramago. Quatro anos depois, a mesma obra foi nomeada para o Prix Cévennes, na categoria de melhor romance europeu.

Gonçalo M. Tavares nasceu em 1970 em Luanda. Publicou a sua primeira obra em 2001 e, desde então, já editou romances, contos, ensaio, poesia e teatro.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close