Fitness & Bem-estar

Convento de Cristo abre zonas inéditas ao público

Para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, na próxima sexta-feira, dia 18 de Abril, o Convento de Cristo, em Tomar, vai abrir ao público zonas habitualmente restritas como é, por exemplo, o caso da zona da alcáçova, onde se encontra
Versão para impressão
Para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, na próxima sexta-feira, dia 18 de Abril, o Convento de Cristo, em Tomar, vai abrir ao público zonas habitualmente restritas como é, por exemplo, o caso da zona da alcáçova, onde se encontra a torre de menagem, e a casa do Grão-Mestre, onde ficava o rei.
 
A nova direção daquele monumento pretende assinalar a data com um conjunto de iniciativas, incluindo a abertura ao público de áreas habitualmente fechadas ao público. As mesmas serão palco de várias visitas guiadas ao longo de todo o dia.
 
As comemorações começam logo pelas 10h30 com um ato simbólico – a entrega da chave e abertura do castelo templário pela presidente da Câmara Municipal de Tomar -, ao qual se segue uma demonstração de artes medievais e animação.
 
Destaque ainda para as visitas evocativas da obra de Fernão Álvares do Oriente, que relata os encontros secretos dos cavaleiros portugueses com os religiosos do Convento de Cristo, no tempo de Filipe de Espanha, no século XVI.
 
Pelo nome 'Os Encontros da Lusitânia Transformada: da Cerca ao Convento de Cristo', a primeira visita está marcada para as 11h no laranjal do Convento, decorrendo até às 15h sob condição de marcação prévia. 
 
Ao longo do dia haverá também teatro, música, demonstrações de artes medievais e atividades para crianças, como, por exemplo, o jogo de pistas 'O Tesouro dos Templários'. O programa encerra às 19h30 com um concerto da Orquestra de Metais Canto Firme. 
 
O Convento de Cristo, classificado como Património da Humanidade, estende-se do Castelo de Tomar até ao aqueduto do Convento, numa distância de mais de sete quilómetros, tendo começado a ser construído em 1160, por ordem de D. Gualdim Pais, cavaleiro da Ordem do Templo que, após doação de D. Afonso Henriques, ocupou e povoou o território.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close