Negócios e Empreendorismo

Consumo de Vinhos de Lisboa "disparou" em 2015

O consumo de Vinhos de Lisboa "disparou" na primeira metade de 2015: só nos primeiros meses do ano, a Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa) certificou 16,3 milhões de garrafas, mais 26% do que no mesmo período do ano anterior.
Versão para impressão
O consumo de Vinhos de Lisboa “disparou” na primeira metade de 2015: só nos primeiros meses do ano, a Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa) certificou 16,3 milhões de garrafas, mais 26% do que no mesmo período do ano anterior.
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a CVR Lisboa explica que a “excelente performance” registada até ao momento está, em muito, relacionada com as exportações, que representam já 65% da produção da região, levando os Vinhos de Lisboa até aos Países Nórdicos, Brasil, EUA, Benelux, Angola e Rússia, os principais mercados importadores. 
 
De acordo com a Comissão Vitivinícola regional, a produção tem acompanhado “a retoma da economia nacional”, com os Vinhos de Lisboa a “conquistarem terreno” também no mercado interno, ao qual se dedicou, nos primeiros meses do ano, 35% da produção, o equivalente a 6,5 milhões de garrafas.
 
“Se continuarmos a crescer a este ritmo, 2015 deverá ser o nosso melhor ano, ultrapassando, desta forma, os 30 milhões de selos, ou seja, o equivalente ao mesmo número de garrafas de vinho certificado”, congratula-se Vasco d'Avillez, presidente da CVR Lisboa.
 
A pouco mais de dois meses da época das vindimas, e de forma a sustentar o crescimento verificado, a CVR Lisboa está a alertar os seus produtores individuais, as Cooperativas, e as grandes firmas engarrafadoras para que certifiquem, pelo menos, mais 10 a 15% de vinho como Regional Lisboa ou como DOC.

“É nossa obrigação responder assertivamente ao verificado aumento da procura, pelo que não podemos correr o risco de chegar a meio do ano sem vinho certificado: Regional Lisboa e DOC”, esclarece o responsável.
 
Recorde-se que Lisboa é a segunda maior Região vitivinícola do país, logo a seguir ao Douro, e produz cerca de 100 milhões de litros de vinho em anos normais.

O público-alvo dos Vinhos de Lisboa continua a ser, maioritariamente, composto por jovens com idades compreendidas entre os 30 e os 40 anos, “mais arrojados e abertos a novas experiências”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close