i9magazine

Comissão Europeia distingue quatro projetos portugueses

Versão para impressão

 

A Comissão Europeia anunciou mais uma leva de resultados do Instrumento PME para apoiar 283 projetos inovadores, dos quais quatro em Portugal, ao abrigo do projeto-piloto do Conselho Europeu de Inovação (CEI).

Por ocasião da divulgação da lista de beneficiários, Carlos Moedas, Comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação, responsável pelo programa Horizonte 2020 que financia o Instrumento PME, disse: «Apoiar a inovação disruptiva e, através dela, o crescimento económico e a criação de novos produtos e serviços e consequentemente novos postos de trabalho é o foco do Conselho Europeu de Inovação (CEI). Até hoje, já apoiámos, no CEI, 1276 projetos, financiados em mais de 730 milhões de euros. Este é um apoio muito importante para os europeus que continuam a apostar na inovação. E os quatro projetos portugueses agora premiados em Portugal são provas de que, quando apostam na inovação, os portugueses conseguem ser exemplos de excelência neste domínio.»

Projetos apoiados em Portugal:

LOQR, da empresa Loqr, de Braga, que desenvolveu um sistema seguro de identificação digital (Fase 1 do Instrumento PME – 50 mil euros);
ClarifyLupus, da Clarify Analytical, de Évora, que desenvolveu um teste que permite diagnosticar a doença do lúpus numa fase inicial (Fase 1 do Instrumento PME – 50 mil euros);
SpartWISE, da empresa Spartax Chemicals, de Ramada, que desenvolveu uma produção em larga escala de esparteína (Fase 1 do Instrumento PME – 50 mil euros);
VECTRACK, do qual é parceiro o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, que desenvolveu um sistema de observação terrestre de doenças vectoriais (Processo Acelerado para a Inovação – 1,5 milhões de euros).
Contexto:

Na Fase 1 do Instrumento PME, cada projeto recebe 50 000 euros para esboçar um plano de negócio. Já no Processo Acelerado para a Inovação, os projetos recebem cerca de 2 milhões de euros para tecnologias inovadoras, conceitos e modelos de negócio próximos do mercado. Todos os projetos apoiados têm acesso a serviços gratuitos de aceleração e formação empresarial.

O Instrumento PME e o Processo Acelerado para a Inovação são hoje uma parte central do projeto-piloto do CEI, focado em produtos, serviços, processos e modelos de negócio inovadores que abram novos mercados. Até 2020, o projeto-piloto do CEI vai distribuir 2,7 mil milhões de euros a inovações revolucionárias, sob alçada do Horizonte 2020.

O conteúdo Comissão Europeia distingue quatro projetos portugueses aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close