Sociedade

Comerciantes de Guimarães aprendem inglês

Guimarães será a capital europeia da cultura em 2012. À luz desse acontecimento, os comerciantes não só querem servir bem, como também esperam poder partilhar com os turistas os segredos do património e da gastronomia vimaranense. Para isso estão a t
Versão para impressão
Guimarães será a Capital Europeia da Cultura em 2012. À luz desse acontecimento, os comerciantes não só querem servir bem, como também esperam poder partilhar com os turistas os segredos do património e da gastronomia vimaranense. Para isso estão a ter aulas de inglês, numa iniciativa conjunta da autarquia com a APORT.

Aquela que é considerada a cidade berço de Portugal já recebe, anualmente, milhares de visitantes. Contudo, espera-se um fluxo muito superior em 2012 e assim chegam aos serviços de turismo da autarquia inúmeros pedidos de formação em atendimento a hóspedes, elaboração de ementas e, naturalmente, línguas.

O inglês, como uma das línguas mais faladas pelos turistas de todo o mundo, tem óbvio destaque, até porque muitos dos comerciantes pouco ou nenhum contacto têm com essa forma de expressão.

“Muitos têm bases da escola, sabem o aeiou e os números, mas outros nunca tiveram inglês, nunca tiveram qualquer contacto com a língua inglesa, apenas com os turistas que recebem – e aí bloqueiam e é-lhes muito difícil ajudar o turista”, explica Diana Gonçalves, formadora do curso de inglês para restauração, em entrevista à RTP. 

Os comerciantes de Guimarães vão, por isso, receber uma formação de 25 horas no total, para aprender a descrever receitas, definir o sabor dos vinhos, explicar a confeção de doces e dar informações de endereços.

Será certamente uma mais-valia, especialmente numa altura em que os turistas estão cada vez mais exigentes, querem envolver-se mais intensamente na tradição dos sítios que visitam e, com a expansão das companhias aéreas low-cost, viajam pelo mundo durante todo o ano e não apenas no verão, como era habitual.

“A sazonalidade do verão está a passar; ou seja, começámos a ter fluxos turísticos contínuos e constantes ao longo do ano”, frisou à RTP Amadeu Portilha, vereador do Turismo da Câmara de Guimarães.

A formação, contudo, não se fica pelo inglês. Espanhol e italiano serão também ensinadas a comerciantes e empresários da cidade de Guimarães.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close