Cultura

Cinema: destaques da semana [29 julho]

Estreia hoje a mais recente aventura de uma muito amada caixa de brinquedos em Toy Story 3, exibida juntamente com a curta-metragem Day & Night. Chega-nos ainda às salas a comédia desenfreada É muito rock, meu!, a versão cine
Versão para impressão
Estreia hoje a mais recente aventura de uma muito amada caixa de brinquedos em Toy Story 3, exibida juntamente com a curta-metragem Day & Night. Chega-nos ainda às salas a comédia desenfreada É muito rock, meu!, a versão cinematográfica dos Soldados da Fortuna e o filme Canino, sobre uma bizarra família grega.

Day & Night [2010], de Teddy Newton – EUA
(exibido antes de Toy Story 3)

Quando Dia, sempre radiante, encontra Noite, uma personalidade estranha e sombria, voam faíscas! No início, Dia e Noite estão assustados e desconfiam um do outro, o que os leva a começar com o pé esquerdo. Mas, à medida que descobrem as qualidades únicas de cada um – e se apercebem que cada um deles oferece uma visão diferente do mesmo mundo – a amizade vai ajudá-los a chegar a uma nova perspectiva.

Toy Story 3 [2010], de Lee Unkrich – EUA

Os criadores de Toy Story reabrem a caixa dos brinquedos e trazem de volta aos espectadores o mundo encantador de Woody, Buzz e do gangue de personagens favoritas em Toy Story 3.

É muito rock, meu! [2010], de Nicholas Stoller – EUA

Aaron Green (Jonah Hill) tem em mãos uma oportunidade única na sua carreira: voar até Londres e escoltar um deus do rock até ao famoso Greek Theatre para o concerto inaugural da tour de regresso aos palcos. Aldous Snow (Russell Brand) é um músico brilhante mas, devido a uma separação complicada e uma carreira em fase descendente, é agora um alcoólico desastroso. Quando a hora do concerto se começa a aproximar, um jovem inocente terá de navegar no terreno minado do tráfico de drogas em Londres, lutas de rua em Nova Iorque e “lap dances” em Las Vegas para entregar a sua “carga” em condições minimamente aceitáveis.

Soldados da Fortuna [2010], de Joe Carnahan – EUA

Hannibal Smith (Liam Neeson) e a sua equipa de ex-soldados das Forças Especiais são acusados de um crime que não cometeram. Ao tornarem-se foras-da-lei, utilizam os seus talentos – e excentricidades – únicos, de forma a limpar os seus nomes e descobrir o verdadeiro responsável.

Canino [2009], de Giorgios Lanthimos – Grécia

Pai (Christos Stergioglou), mãe (Michele Valley) e três filhos (Aggeliki Papoulia, Mary Tsoni e Hristos Passalis) vivem enuma casa nos subúrbios da cidade. À volta da casa existe uma cerca alta que as crianças nunca passaram. Acreditam que os aviões que voam por cima da casa são brinquedos e que zombies são pequenas flores amarelas. A única pessoa autorizada a entrar em casa é Cristina (Anna Kalaitzidou), que trabalha como segurança na empresa do pai. Toda a família gosta dela, sobretudo a filha mais velha. Um dia, Cristina dá-lhe como presente uma bandolete com pedras que brilham no escuro e pede-lhe algo em troca.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close