Ciência

Cientistas encontram oxigénio em lua de Saturno

Uma equipa de cientistas do laboratório Los Alamos (EUA) anunciou, em Fevereiro, a descoberta de iões de oxigénio molecular (O2+) numa das 62 luas de Saturno.
Versão para impressão

Uma equipa de cientistas do laboratório Los Alamos (EUA) anunciou, em Fevereiro, a descoberta de iões de oxigénio molecular (O2+) numa das 62 luas de Saturno. A novidade aumenta a probabilidade de que se encontrar vida fora da Terra.

A presença de oxigénio na lua Dione foi detetada durante uma missão da sonda da Nasa Cassini, em 2010, mas só agora a confirmação da análise foi divulgada num estudo coordenado pelos cientistas Robert Tokar e Michelle Thomsen.

Esta lua orbita Saturno praticamente à mesma distância que a “nossa” lua anda em torno da Terra, no entanto tem um tamanho muito menor e está coberta de gelo. Os cientistas acreditam que o oxigénio se origina devido a fotões solares ou partículas de energia que chocam contra a superfície gelada do satélite.

“A concentração de oxigénio na atmosfera de Dione é semelhante àquela que existe na atmosfera da Terra, a 480 quilómetros de altitude”, explica Tokar no comunicado de imprensa de Los Alamos.

O cientista sublinha que esta concentração de oxigénio “não é suficiente para gerar vida mas é um excelente indicador de que poderá haver uma enorme produção de oxigénio noutros corpos celestiais gelados”.

Os investigadores estão particularmente entusiasmados com a hipótese de uma Lua de Júpiter – a lua Europa, que tem agua subterrânea – ter moléculas de oxigénio que se podem combinar com o carbono dos lagos subterrâneos, dando origem a uma atmosfera que poderá albergar formas de vida.

A investigação foi publicada este mês no jornal cientifico 'Geophysical Research Letters'. Clique AQUI para aceder ao artigo e AQUI para consultar o comunicado de Los Alamos.

 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close