Ciência

Ciência: Novo arquivo público com 40 mil pastas

NULL
Versão para impressão

São mais de 3,5 quilómetros de informação com 40 mil pastas que contam a história da Ciência em Portugal desde 1967. O novo arquivo da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) inaugurou sexta-feira passada e está aberto ao público na rua D. Carlos I em Lisboa.

Nos últimos três anos, o espólio do Arquivo de Ciência e Tecnologia foi alvo de um intenso trabalho efetuado por uma equipa de arquivistas, investigadores e técnicos do Instituto de História Contemporânea (IHC) da Universidade Nova de Lisboa. Este projeto foi também acompanhado desde o início pela Direção-Geral de Arquivos (Torre do Tombo).

Segundo o comunicado da FCT, o arquivo é constituído por mais de 40 mil pastas com informação sobre a ciência em Portugal desde 1967, ano da criação da Junta Nacional de Investigação Cientifica e Tecnológica (JNICT), entidade que precedeu a FCT.

A maior parte do património reunido, quantificado em cerca de 3,5 km, passa a estar disponível para consulta da comunidade científica e do público em geral na cave da sede da FCT (Av. D. Carlos I, 126, Lisboa).

Durante a inauguração do Arquivo de Ciência e Tecnologia, foi também assinado um protocolo com Mariano Gago, que ofereceu parte do seu espólio documental, iniciando-se desde já a transferência da documentação relativa às I Jornadas de Ciência e Tecnologia, realizadas em 1987.

Bolsas José Mattoso e acordo com Fundação Mário Soares

Na mesma cerimónia celebrou-se também a ampliação do acordo existente com a Fundação Mário Soares para o tratamento e digitalização de materiais incorporados no Arquivo da FCT.

Por fim foi anunciada a criação de uma Bolsa de Doutoramento e outra de Mestrado em áreas de investigação histórica relativas ao desenvolvimento da Ciência em Portugal. Estas Bolsas de Investigação denominar-se-ão José Mattoso, em homenagem ao prestigiado historiador.

A cerimónia de inauguração foi presidida pelo ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, e contou com a presença de diversas personalidades como o antigo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Mariano Gago, o historiador José Mattoso e o antigo presidente da República Mário Soares. O discurso de abertura coube ao presidente da FCT, João Sentieiro.

[Notícia sugerida por Ana Guerreiro Pereira]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close