Sociedade

Chocolate: Portuguesa cria currículo em forma de tablete

Perante a falta de perspetivas num mercado de trabalho cada vez mais fechado, Patrícia Cordeiro arregaçou as mangas e deitou mãos à obra com o objetivo de marcar a diferença na procura de emprego. A ideia foi enviar o seu currículo sob a forma de inv
Versão para impressão
Perante a falta de perspetivas num mercado de trabalho cada vez mais fechado, Patrícia Cordeiro arregaçou as mangas e deitou mãos à obra com o objetivo de marcar a diferença na procura de emprego. A ideia foi enviar o seu currículo sob a forma de invólucro de uma tablete de chocolate.

por Margarida Cruz
 

“Achei diferente e interessante a ideia de criar um rótulo próprio que, ao invés da informação do alimento em si, contivesse a minha apresentação, as minhas valências”, conta a jovem de 22 anos ao Boas Notícias. Licenciada em Biotecnologia, Patrícia está desde Dezembro de 2012 na demanda por um lugar no mercado de trabalho. 
 
A falta de resultados levou-a a “pensar fora da caixa” e a construir um currículo que sobressaísse “entre tantas e tantas centenas de CV's que as empresas recebem diariamente”.  Para isso pegou em tabletes de chocolate e resolveu dar-lhes um 'rosto' diferente onde o produto apresentado fosse, não o doce, mas sim esta candidata natural de Coimbra. 


“A ideia é conseguir, de alguma forma, destacar-me dos restantes, ser motivo de conversa e destaque pela inovação e pela diferença”, refere Patrícia. Como o objetivo passava por adaptar a embalagem de um produto a si mesma, criando o seu próprio rótulo, a jovem pegou em secções como 'Ingredientes' e 'Informação Nutricional', juntou-as com 'Experiência' e 'Formação' e acrescentou os contactos de 'Apoio ao Empregador'. 
 
 O resultado foi uma tableta de chocolate estilo 'vintage' capaz de mostrar ao mundo os conhecimentos e aptidões adquiridos pela jovem na sua licenciatura em Biotecnologia. “Não peço que se abram grandes portas, mas pelo menos alguma janela para poder mostrar aquilo que sou, aquilo que valho, as minhas capacidades, enquanto pessoa e profissional”, diz. 
 
Apaixonada por fotografia e artes gráficas, a jovem de 22 anos fez questão de aliar conhecimento e interesses numa valência que acredita poder vir a despertar a curiosidade de alguns interessados. “Nos tempos que correm, a imaginação e criatividade para ultrapassar os obstáculos que vão surgindo na nossa vida são fatores de tal forma decisivos que jamais poderão entrar em crise”, afirma ao Boas Notícias. 


Para ilustrar o processo criativo que foi fazer esta tablete de chocolate inovadora, Patrícia produziu ainda um vídeo com as diferentes fases de idealização e concretização do projeto. Divulgado em Janeiro, o mesmo tem vindo a impressionar os cibernautas com que se cruza na Internet e que não deixam de parabenizar a autora com comentários na sua página de Facebook e do YouTube. 
 
Depois de concluídas, quinze tabletes de chocolate foram já encaminhadas ao cuidado de empresas na área da Biotecnologia, na perspetiva de “adoçar o interesse e as decisões” dos responsáveis. Até à chegada de 'feedback', o espírito da jovem coimbrense é apenas um: “não desistir e tentar ser cada vez melhor naquilo a que nos propomos fazer – inovar e marcar a diferença são as palavras-chave”.

Saiba mais AQUI.

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close