Mundo

China: 20 mil pessoas enviaram dinheiro a dissidente

NULL
Versão para impressão
Mais de 20 mil pessoas doaram um total de 5,29 milhões de yuans (607.500 euros) ao dissidente chinês Ai Weiwei, mais de um terço do valor reclamado pelo fisco chinês, anunciaram esta segunda-feira fontes próximas do artista.

Ai Weiwei disse à agência France Presse que recebeu 776 transferências pelo correio e todas as manhãs há pessoas a atirar dinheiro para o átrio do atelier. “Há quem dobre as notas em forma de pássaro ou de barco”, descreveu.

Mas apesar de ser um montante elevado, o artista plástico, que vive atualmente em regime de prisão domiciliária, tem que pagar ao fisco do seu país um milhão e setecentos mil euros por alegada evasão fiscal.

O jornal oficial Global Times estima, num editorial, que o artista poderá ser acusado de “receber fundos ilegalmente” ao aceitar o apoio financeiro para pagar o que o fisco lhe reclama até 15 de Novembro.
 

 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close