Saúde

Cérebro: Portugueses descobrem como enfraquecer tumores

Uma investigação portuguesa revela que os tumores são mais agressivos com a falta da proteína WNK2. O estudo, que foi capa da revista britânica "Human Molecular Genetics", pode levar à criação de uma terapia que prolonga o tempo de vida dos doentes.
Versão para impressão
Uma recente investigação portuguesa revela que os tumores cerebrais sem a proteína WNK2 têm um maior nível de agressividade. A descoberta que pode levar os cientistas a encontrar uma nova terapia que prolongue o tempo de vida dos doentes fez a capa da revista científica britânica “Human Molecular Genetics”, da Universidade de Oxford.

A investigação desenvolvida pela Universidade do Minho (UMinho) e pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), em Lisboa, teve como base o estudo do glioblastoma, um dos tumores mais frequentes e agressivos do sistema nervoso central, cuja sobrevivência humana é em média de apenas 14 meses.

“Verificámos que muitos destes tumores perderam aquela proteína, o que torna as células tumorais mais invasivas, isto é, são mais rápidas a multiplicar-se e a invadir os tecidos adjacentes”, explicaram os professores Rui Manuel Reis, da UMinho, e Peter Jordan, do INSA, num comunicado enviado ao Boas Notícias.

Image and video hosting by TinyPic
Human Molecular Genetics – A investigação portuguesa fez a capa da edição de Janeiro da revista da Universidade de Oxford ©

Numa segunda fase do estudo, a equipa pretende tentar aumentar o nível da proteína WNK2 para poder prolongar o tempo de vida dos pacientes com este tipo de tumor. Os especialistas salientam que foi possível “manipular os níveis da WNK2”, fator que permitiu “reintroduzi-la nas células tumorais” e suprimir o crescimento e a invasão da doença no organismo.

Este avanço pode conduzir ao enfraquecimento dos tumores cerebrais, em particular os gliomas, um tipo de doença que tem origem nas células gliais que proporcionam suporte e nutrição aos neurónios.
 
Clique AQUI para consultar o estudo completo (em inglês).

Notícia sugerida por Carla Neves

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close