Negócios e Empreendorismo

Centro comercial virtual vai vender iguarias da Serra

A partir deste sábado, um novo centro comercial virtual vai vender online produtos de qualidade reconhecida que são a imagem de marca da Serra da Estrela, casos do queijo, enchidos e mel.
Versão para impressão
A partir deste sábado, um novo centro comercial virtual vai vender online produtos de qualidade reconhecida que são a imagem de marca da Serra da Estrela, casos do queijo, enchidos e mel. O projeto foi desenvolvido por dois jovens engenheiros informáticos portugueses.
 
Em comunicado enviado à Lusa, Raquel Almeida, uma das sócias na empresa Regional Innovation, em desenvolvimento na incubadora da plataforma BLC3, em Oliveira do Hospital, explicou que o objetivo deste novo espaço de compras virtual é responder “à necessidade que as pessoas têm de procurar” aqueles e outros produtos da região.
 
Segundo a co-fundadora do projeto, também assinado por Gonçalo Garcia, esta será “uma plataforma altamente inovadora, que simula o espaço físico de um verdadeiro centro comercial”, pelo que os clientes podem visitar as lojas e escolher as mercadorias expostas como fariam tradicionalmente.
 
Através da ligação a um portal “web”, os utilizadores vão poder “passear livremente” através de um conjunto de lojas virtuais que “marca presença em todo o mundo” e adquirir os produtos “como se de um centro comercial tradicional se tratasse”.
 
O Centro Comercial Virtual 3D da Serra da Estrela vai privilegiar “a promoção e comercialização dos principais produtos oriundos da região”, como o queijo Serra da Estrela, os enchidos, o mel, as compotas, os chás, os vinhos e os licores, mas também o artesanato.

Projeto quer “valorizar produtos de grande qualidade”
 

Com este projeto, a Regional Innovation quer “assumir (…) a liderança na representação e comercialização dos produtos da região, de forma tecnológica, científica e rigorosa” e, ao mesmo tempo, “valorizar produtos de grande qualidade, alguns dos quais estão esquecidos”.
 
Nesse sentido, adiantou Raquel Almeida, a empresa já está a trabalhar com duas “empresas importantes” da região e a investir também na criação de “uma rede de parceiros” de menor dimensão. A estes parceiros não é cobrado qualquer montante, pelo que a Regional Innovation arrecada “apenas a margem de lucro” em cada produto vendido nas suas lojas virtuais. 
 
Segundo os promotores, no que toca ao mercado externo, a empresa vai apostar, numa primeira fase, sobretudo no “mercado da saudade” ligado às comunidades portuguesas no estrangeiro, contando com o aconselhamento do ICEP Portugal – Investimento Comércio e Turismo.
 
Este centro comercial virtual nasce de um investimento de 10 mil euros recebidos pela Regional Innovation depois de, em 2011, ter sido distinguida com o segundo prémio no concurso municipal de ideias de negócio “Empreender + Oliveira do Hospital”.  
 
O Centro Comercial Virtual da Serra da Estrela vai estar disponível através do portal www.regional-innovation.com a partir das 15.00h deste sábado, 24 de Novembro.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close