Em Destaque Lifestyle

Catarina Camacho: Moda sem filtros, para pessoas reais

Afinal qual é o seu estilo?
Versão para impressão

 

A pergunta à primeira vista parece ser de resposta fácil e imediata. Mas será? Quando me consultam esta é uma das primeiras perguntas que costumo fazer. A resposta invariavelmente é “não sei bem”. Então passo para a segunda: “e quais são as pessoas que tem como referência, com quem se identifica pela história de vida e/ou estilo?” Aí, surgem logo alguns nomes, o que torna tudo mais fácil.

São as chamadas “it girls ou it boys“. E qual é o problema em as termos como fonte de inspiração? Quanto a mim, não há mal nenhum nisso. O que não devemos é ser fotocópias das ditas “referências“. Pelo contrário. Temos que ser, temos que nos ver e sentirmo-nos como uma marca. Sim, uma marca com características singulares. No fundo, o estilo é tão exclusivo como o nosso próprio ADN. Tão, tão único que nem os irmãos gémeos partilham o mesmo. Portanto, o nosso estilo é aquele detalhe que nos distingue. É a nossa assinatura.

Mergulhei dentro do meu guarda roupa e fui tentar descobrir. Afinal, quem sou eu? Movida pela curiosidade e numa espécie de aventura, descobri que tenho a caixa de Pandora, não cheia de todos os males do mundo como conta o mito grego, mas sim cheia de peças que conjugadas de várias maneiras formam looks diferentes.

Portanto, analisando-me através do que tenho no meu armário descobri que o meu estilo é ter vários! E sinto que me encaixo em todos eles.

Proponho com este artigo que sigam o meu exemplo e façam o mesmo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Look 1

“Destroyed jeans”.

Tendência inspirada no movimento punk. Um dos meus preferidos, confesso. Gosto destes contrastes entre as calças rasgadas que lhes dá um aspeto gasto, com o body simples mas ousado no decote qb. O blazer preto dá o toque formal e os stilettos e carteira rosa fúcsia marcam e assinam este coordenado desconstruído.

Pssst: Provavelmente quem usar calças rasgadas vai ouvir: “oh coitadinha, não tem dinheiro para umas novas” ou “onde andaste que perdeste bocados de ganga “. A questão é, gosta de as usar? Ficam-lhe bem? Sente-se confortável? Adequam-se ao local onde vai? Então, ria-se e siga em frente.

Nota: com apenas uns ténis e uma carteira XL este look torna-se num outro, “o casual rebelde”.

Casaco Mango
Calças, body e stilettos Zara
Fio com pedra (que anda sempre comigo) Jóia Joalheiros
Relógio swatch
Carteira Parfois

Este slideshow necessita de JavaScript.

Look 2

“Clássico Ladylike “

Destaque para a elegância e simplicidade. Porque “menos é mais” os acessórios são discretos, porém sofisticados. A combinação monocromática no tom rosa claro torna este look, feminino romântico e doce.

Camisola, saia e carteira Loja Mau feitio
Sapatos Valentino ( ahahah, mentira!Parecem, mas não. São uma inspiração na coleção Valentino mas com menos uns zeros no preço. Surpresa…estes foram comprados na Primark)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Look 3

Bohô (chic)

Descontraído, despretensioso e confortável. Os tons com cores claras, os tecidos leves e fluidos, a sobreposição de peças, as franjas, os pompons, são as características base deste estilo. As bolsas de cintura regressaram, para provar mais uma vez que a moda é cíclica.

Nota: O desafio é fazer com que tudo o que precisamos durante o dia ali caiba naquela mini “bolsa”.

Vestido Zara
Bolsa de cintura e brincos Parfois
Botas Stradivarius

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Look 4

“Sensual Naif “

O top de seda rosa claro, tem delicados detalhes em renda, o decote é evidente, mas discreto, as alças finas com tendência a escorregar pelos ombros, deixam a sensualidade no ar. As calças pantacourt têm as cores desta primavera serena.Os sapatos de salto alto, dão a altura que a calça pede (ideal para as mais baixinhas) e o pormenor do laço dá um ar de sua graça.

Top Stradivarius
Calças Loja Mau Feitio
Sapatos (Melissa) Loja mau feitio
Acessórios Parfois.

Nota importante: ter sempre consciência de que infelizmente o que fica bem e adoramos ver nos outros nos pode vir a favorecer. “Aceite que dói menos” e contorne a situação.

 

Catarina Camacho, consultora de moda
Facebook: @Catarinacamachortp
Instagram: @catarinacamacho.rtp
Email: catarinacamachoficial@gmail.com

Fotografia: Nuno Silva e Pnto
Iluminação; Hugo Pimentel

Agradecimentos:
The Luggage Hostel & Suites

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close