Ambiente

Cascais: 48 milhões de euros no combate à poluição

A empresa Águas de Cascais, responsável pelo abastecimento de água no concelho, vai investir nos próximos três anos uma quantia de 48 milhões de euros para combater a poluição nas linhas de água.
Versão para impressão
A empresa Águas de Cascais, responsável pelo abastecimento de água no concelho, vai investir nos próximos três anos uma quantia de 48 milhões de euros para combater a poluição nas linhas de água.

Em nota enviada à agência Lusa, a empresa fez saber que já este ano serão realizadas diversas intervenções no valor de 13 milhões de euros nos Sistemas de Abastecimento de Água e de Águas Residuais Doméstica.

Os principais motivos que deram origem a este plano de intervenção a três anos são as redes envelhecidas do concelho, os consumos crescentes, redes que não separam as águas pluviais das águas residuais, ligações clandestinas e descargas ilegais para as redes pluviais.

O objetivo da empresa é “resolver aspetos já identificados no passado – descargas de água indevidas – que se prendem essencialmente com a poluição das linhas de água do concelho, bem como com a necessidade de ampliar e melhorar as condições do abastecimento de água em localidades mais sensíveis”.

No final do ano passado registaram-se várias descargas de águas pluviais no mar, na zona do Estoril, devido a roturas nas condutas de abastecimento de águas domésticas devido ao seu envelhecimento.

A primeira fase deste ciclo de investimentos começa este mês, com a renovação de cinco pontos distintos da Baixa de Cascais e com a intervenção em dois quilómetros na Estrada Nacional 6 (Avenida Marginal) entre a Parede e Carcavelos, ambas, nas redes de águas residuais domésticas.

Além disso, para o primeiro semestre de 2011 estão ainda previstas obras para limpar as linhas de água da Ribeira das Vinhas e das praias da orla costeira, bem como na Avenida Marginal, na Parede e Carcavelos.

Intervenções na Rede de Águas residuais Domésticas e de Abastecimento de Água no Vale de Santa Rita, construção da Estação Elevatória na Malveira da Serra, construção do Reservatório de Manique e criar uma rede de abastecimento de água às zonas da Figueira do Guincho e Biscaia, são outras das obras previstas este ano.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close