Mundo

Canguru bebé orfã escolhe mochila para nova casa

Uma canguru-fêmea bebé que foi encontrada fora da bolsa da mãe no Jardim Zoológico de Whipsnade, em Inglaterra, fez de uma mochila a sua nova casa. A pequena Tilly está agora a crescer com saúde junto da tratadora.
Versão para impressão
Uma canguru-fêmea bebé que foi encontrada fora da bolsa da mãe no Jardim Zoológico de Whipsnade, em Inglaterra, fez de uma mochila a sua nova casa. A pequena Tilly, que sem a proteção materna corria risco de vida, está agora a crescer com saúde junto da tratadora, que a “adotou” e lhe presta todos os cuidados necessários 24 horas por dia.
 
A cria deveria passar nove meses na bolsa da mãe antes de sair para explorar o mundo, mas, devido ao sucedido, ficou numa situação vulnerável. De imediato, Jo Shirley, uma das tratadoras do zoo que se tornou a sua “mãe” humana, decidiu encontrar uma forma de a proteger. A solução foi uma mochila barata com um cobertor, que a mantém quente e confortável.
 
De acordo com o jornal britânico The Sun, Tilly, que tem atualmente sete meses de idade, segue a “mãe” adotiva para todo o lado. Ambas desenvolveram, aliás, uma relação muito especial. 
 
“No início foi difícil porque precisava de levantar-me várias vezes durante a noite, mas agora, que ela come apenas quatro vezes por dia, é tudo mais simples”, conta Jo Shirley, que todos os dias a transporta consigo para casa após o trabalho. “A Tilly enrosca-se no meu colo e vemos televisão. Ela é uma verdadeira 'menina', por isso gosta dos mesmos programas que eu”, brinca a tratadora.
 
Jo, de 24 anos, salienta que a experiência de cuidar do animal tem sido “muito compensadora” e acrescenta que Tilly se tem tornado, progressivamente, mais independente, pelo que já abandona, com frequência, a mochila, para conhecer o ambiente que a rodeia.
 
Os avanços feitos pela canguru-fêmea são notórios e Tilly até já deixou o leite, estando atualmente a comer sólidos, como bagas, colocados dentro da mochila para que possa alimentar-se em qualquer ocasião. 
 
Quando atingir os nove meses de idade, a cria irá viver na Whipnade's Children's Farm, uma quinta para animais jovens gerida pelo Jardim Zoológico, onde encontrará Ruby, Pip e Fidget, “irmãos” da mesma espécie. 
 
Porém, Jo Shirley garante que o laço existente não vai quebrar-se. “Vai ser difícil quando ela regressar ao zoo, mas eu vou continuar a alimentá-la duas vezes por dia, pelo que a ligação vai permanecer. Não vou abandoná-la”, assegurou.
 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close