Ciência

Canadá proíbe testes animais nas universidades

O Comité de Médicos pela Medicina Responsável (PCRM, na sigla em inglês) anunciou o fim do uso de animais nos testes laboratoriais das universidades do Canadá. As faculdades de Medicina daquele país devem agora recorrer a métodos alternativos, como s
Versão para impressão
O Comité de Médicos pela Medicina Responsável (PCRM, na sigla em inglês) anunciou o fim do uso de animais nos testes laboratoriais das universidades do Canadá. As faculdades de medicina daquele país devem agora recorrer a métodos alternativos, como simuladores humanos.

“O Canadá eliminou completamente o uso de animais vivos em laboratórios nas faculdades; este deve ser um sinal claro para as poucas faculdades de medicina dos EUA que ainda utilizam estes procedimentos desumanos e nada educativos”, disse John Pippin, da PCRM, citado pela Agência de Notícias dos Direitos dos Animais.

Segundo o responsável, o exemplo deve ser seguido pelas faculdades dos Estados Unidos, que devem “eliminar completamente a utilização de animais e abraçar o verdadeiro futuro da educação médica”.

No Canadá estão portanto abolidos os métodos científicos cruéis, privilegiando-se alternativas que não envolvem a tortura nem a utilização de outras espécies e substituindo a experimentação animal por simuladores humanos.

[Notícia sugerida pela utilizadora Helena Pinto]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close