Mundo

Cadela ‘pitbull’ ajuda dono durante ataque cardíaco

Uma cadela 'pitbull' resgatada há cinco anos por uma família de Boston, nos EUA, ajudou a salvar a vida do dono durante um ataque cardíaco noturno, permitindo que o norte-americano fosse socorrido a tempo.
Versão para impressão
Uma cadela 'pitbull' resgatada há cinco anos por uma família de Boston, nos EUA, ajudou a salvar a vida do dono durante um ataque cardíaco noturno. Quando se apercebeu de que algo se passava, Sweet Dee apressou-se a acordar a dona, o que permitiu que Elliott Nerland fosse socorrido a tempo.
 
A cadela, acolhida pelo centro de apoio a animais MSCPA de Boston depois de ter sido abandonada e adotada pelo casal com apenas um ano de idade, entrou em ação ao encontrar Nerland inanimado no sofá e em paragem cardíaca numa madrugada de Maio.
 
Sweet Dee correu para o quarto dos donos, onde a mulher de Nerland, Erin Daly, dormia, e começou a ladrar de forma desesperada e a abaná-la até a acordar. Graças à intervenção rápida do animal, Daly chamou, de imediato, uma ambulância para o marido e iniciou manobras de reanimação cardiorrespiratória até à chegada da assistência médica.
 
“O coração do Elliott tinha parado de bater e ele não estava a respirar. A Sweet Dee tornou muito claro que algo terrível estava a passar-se. Se o tivesse encontrado um minuto mais tarde ele podia já não estar connosco hoje”, admite a esposa do norte-americano num comunicado divulgado pelo MSPCA.
 
Para Nerland, que foi transportado para o hospital e permaneceu vários dias em coma induzido, mas recuperou totalmente e vive, agora, com um desfibrilhador interno implantado destinado a prevenir situações idênticas, a cadela é uma verdadeira heroína.
 
“É fantástico como a Sweet Dea soube que havia algo de errado e percebeu que eu não estava apenas a dormir. Ela é um membro adorado da nossa família, mas nunca me tinha apercebido da profundidade dos laços que nos unem”, confessa o norte-americano.
 
“Tanto a Dee como a minha mulher estiveram lá quando eu mais precisei e vou estar-lhes grato para sempre”, finaliza Nerland.
 

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close