Ambiente

Cadastro de terras inicia-se no verão

Os trabalhos para a execução do cadastro de terras em Portugal tem início neste verão, nos concelhos de Paredes, Penafiel, Oliveira do Hospital, Seia, Loulé, Tavira e São Brás de Alportel. O projeto &e
Versão para impressão
A ideia é construir um registo dos limites, características principais e donos das parcelas de terreno dos concelhos que integram esta primeira fase do cadastro. Segundo o jornal Público, os trabalhos estão a cargo sobretudo de empresas portuguesas e devem decorrer por um período de dois anos e meio.

A recolha de informação será feita por equipas no terreno, em suporte eletrónico, tal como a informação será disponibilizada.

"É um processo estruturante para o nosso país, que vai facilitar muito o planeamento e gestão territorial e vai ser disponibilizado com muita informação física, jurídica e fiscal" das parcelas, que abrangem prédios urbanos e rurais, disse ao Público Dulce Pássaro, ministra do Ambiente.

A iniciativa integra-se no Sistema Nacional de Exploração e Gestão de Informação Cadastral (Sinergic), criado em 2006 para dotar o país de um cadastro completo da propriedade fundiária em 15 anos. A sua coordenação está a cargo do Instituto Geográfico Português.

O arranque dos trabalhos dá, finalmente, resposta a reivindicações antigas. Até este momento, foram lançados vários projetos que nunca foram concluídos. O mais avançado data do período entre 1930 e 1960, e abrangeu 126 concelhos, correspondentes a cerca de metade da área do país.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close