Mundo

Britânico deixa 430 mil euros a centro de animais

Um homem britânico deixou cerca de 430 mil euros a uma instituição de apoio a animais abandonados depois da sua morte.
Versão para impressão
Um homem britânico deixou cerca de 430 mil euros a uma instituição de apoio a animais abandonados depois da sua morte. Kevin Johnson, que faleceu em consequência de um ataque cardíaco apenas dois meses após ter perdido a sua melhor amiga, Chelsea, uma cadela pastor-alemão que foi abatida devido a um AVC, decidiu oferecer o dinheiro ao centro onde tinha encontrado aquela companheira.
 
De acordo com a imprensa britânica, Johnson, de 59 anos, entregou, em testamento, todas as suas poupanças e o montante resultante da venda da sua casa à associação Friends of RSPCA Southridge como forma de manter viva a instituição onde a sua cadela vivera antes de a ter adotado.
 
O homem, um amante de animais, decidiu dar um novo lar a Chelsea depois da morte dos seus dois outros cães, Max e Heidi, e viveu na sua companhia durante cerca de sete anos. “O Kevin ficou devastado quando perdeu a Chelsea. Ela era a 'menina dos olhos dele' e a sua maior amiga”, contou a tia, Myfanwy Gillham, citada pelo Daily Mail.
 
Segundo Guilham, ambos construíram uma ligação muito especial desde o momento em que Johnson conheceu a cadela no abrigo e a morte do animal foi determinante para a degradação da qualidade de vida do inglês, que, sem filhos e sem família, se viu sem razões para continuar.
 
“A morte da Chelsea foi completamente inesperada porque ela era uma cadela cheia de vivacidade. Ele não conseguiu ultrapassar a perda e começou a descuidar a própria rotina. Dois meses depois o Kevin acabou por ter um ataque cardíaco e foi encontrado morto na cama”, acrescentou a tia do benfeitor, que diz acreditar que o sobrinho morreu “de coração partido”.
 
Para Guilham, a doação efetuada é, porém, uma bonita forma de recordar a sua amiga de quatro patas. “Ele deixou uma herança fantástica à instituição e este 'presente' vai ajudar a salvar e a cuidar de muitos cães fantásticos como a Chelsea”, sublinhou.
 
Terry Pavey, responsável da Friends of RSPCA Southridge, mostrou-se muito grato com a generosidade de Johnson. “Não há palavras para explicar a gratidão que sentimos para com o Kevin por nos deixar este legado impressionante”, afirmou. “Vai permitir-nos fazer muito bem e salvaguardar o nosso centro de acolhimento durante longos anos”, acrescentou.
 
Pavey adiantou que o dinheiro doado vai também ajudar à criação de novas áreas de lazer para cães e gatos e que Kevin e Chelsea serão homenageados no local com uma placa na qual serão inscritos os seus nomes.

Notícia sugerida por David Ferreira

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close