Negócios e Empreendorismo

Brasileiros investem 30ME em Figueiró dos Vinhos

O grupo brasileiro BDP - Biodinâmica Dental Products, especializado na área da saúde, biotecnologia e biodinâmica está a preparar-se para investir 30 milhões de euros em Figueiró dos Vinhos, criando pelo menos 80 postos de trabalho.
Versão para impressão
O grupo brasileiro BDP – Biodinâmica Dental Products, especializado na área da saúde, biotecnologia e biodinâmica está a preparar-se para investir 30 milhões de euros em Figueiró dos Vinhos, criando, até Janeiro de 2015, pelo menos 80 postos de trabalho.
 
A notícia foi avançada à agência Lusa pela autarquia local, que revelou que o projeto consiste na instalação de uma unidade produtiva de fabrico e comercialização de produtos odontológicos e de ortodontia, bem como na investigação e desenvolvimento em biotecnologia e biodinâmica.
 
A BDP – Biodinâmica Dental Products, criada em 2012, está vocacionada para o mercado internacional, com especial enfoque no mercado brasileiro. Numa fase mais avançada, o objetivo é expandir o negócio para a Europa, EUA, Médio Oriente e Ásia.
 
Segundo a Lusa, o projeto em Figueiró dos Vinhos vai beneficiar de incentivos fiscais já aprovados pelo Governo e receberá um crédito no âmbito do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (IRC), uma isenção no Imposto Municipal sobre a Transmissão Onerosa de Imóveis (IMT), uma isenção de imposto municipal sobre imóveis (IMI) e uma isenção sobre o imposto de selo.
 
“Trata-se, portanto, de uma unidade industrial cuja instalação e laboração são inovadoras e relevantes para o desenvolvimento sustentável do município e da região onde se insere, contribuindo significativamente para a diversificação do tecido empresarial local”, explica a câmara municipal. 
 
De acordo com a autarquia, este investimento vai colocar Figueiró dos Vinhos “no mapa nacional no setor da saúde, biotecnologia e biodinâmica, contribuindo para a criação de postos de trabalho e ainda para a dinamização da atividade económica regional”. 

Já o grupo brasileiro responsável pelo projeto disse que a escolha recaiu sobre Portugal graças à “localização próxima das fontes de conhecimento e investigação e desenvolvimento na área da odontologia”, ao “ambiente de investimento favorável” e a “disponibilidade de mão-de-obra competitiva e especializada”.

Outras vantagens passam, segundo a BDP, pela “proximidade de mercados de produtos odontológicos de alto valor acrescentado, como é o caso da Europa”. 

A preferência pelo concelho de Figueiró dos Vinhos, em Leiria, relaciona-se com “a localização estratégica” e ainda com “a existência de estruturas locais, apoios e benefícios municipais vocacionados à captação e fixação do investidor”, que permitiu a criação pelo município uma equipa com dedicação exclusiva a este projeto”, e a “qualidade de vida e de condições laborais”.

A apresentação pública do projeto vai decorrer no próximo dia 9 de Setembro, no Clube Figueiroense – Casa da Cultura, em Figueiró dos Vinhos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close