Mundo

BP: poço de petróleo foi dado como extinto

O poço Macondo 252 da empresa BP que explodiu a 20 de abril deste ano, e provocou um dos piores derrames de petróleo no Golfo do México, foi declarado oficialmente extinto depois de tapado e enterrado com cimento, conforme anunciou a Guarda Costeira
Versão para impressão
[Fotografia: © BP p.l.c.]

O poço Macondo 252 da empresa BP que explodiu a 20 de abril deste ano, e
provocou um dos piores derrames de petróleo no Golfo do México, foi
declarado oficialmente extinto depois de tapado e enterrado com cimento,
conforme anunciou a Guarda Costeira norte-americana.

“É um passo significativo na resposta à tragédia do Deepwater Horizon e o passo final numa complexa operação sem precedentes debaixo do mar. Comprova-se finalmente que este poço não representa mais uma ameaça para o Golfo do México”, salientou em comunicado Tony Hayward do grupo British Petroleum (BP).

“Contudo há ainda muito a fazer”, relembra o mesmo responsável. “O empenho da BP em acabar o trabalho e restaurar os prejuízos no Golfo do México e as vidas dos habitantes da região permanecem intactos”, garante Hayward.

Aproximadamente 25.200 pessoas, mais de 2.600 navios e dezenas de aviões continuam envolvidos nas operações de resposta ao derrame.

A 15 de julho o petróleo deixou de correr para o mar, quando a BP conseguiu finalmente tapar o poço. Desde o início da catástrofe, a BP já foi obrigada a gastar 8.000 milhões de dólares, e aceitou criar um fundo de 20 mil milhões de dólares para a indemnização das vítimas.

O presidente norte-americano Barack Obama congratulou a extinção definitiva do poço mas relembra que os danos irão perdurar. “Continuamos empenhados a fazer tudo o que seja possível para que as costas se recuperem desta catástrofe”, garantiu em comunicado.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close