Em Destaque Fitness & Bem-estar

Bosu: a meia bola que o seu corpo vai adorar!

Quando vamos treinar, o que pretendemos? Treinos diferentes, estímulos diferentes, exercícios diferentes, que nos motivem para mais uma sessão. Tentamos aliar sempre inovação, diversidade e eficiência no nosso treino.
Versão para impressão

 

por Filipa Custódio, Técnica Profissional de Desporto

Não muito conhecido ou utilizado, o BOSU da sigla “Both Sides Up” (ambos os lados para cima) é uma prática desportiva que possibilita o desenvolvimento das várias modalidades do fitness como as aeróbicas, musculares, alongamento e até o equilíbrio, mas com muita diversão.

Trata-se de uma semi-esfera de plástico inflável, parecido com uma bola de fitball cortada ao meio com 63 centímetros de diâmetro, que pesa aproximadamente 8 kg e suporta até 1.000 kg.

A Bosu é um acessório desportivo que pode ser usado por qualquer pessoa e em qualquer lugar, (em casa, no ginásio, no parque). Por ser de fácil uso e pela versatilidade dos exercícios, ela possibilita flexões de braço, abdominais, saltos, agachamentos e todos os exercícios de Pilates.

A técnica de usar uma bola Bosu é simples como o próprio equipamento. O lado de cúpula da bola é normalmente utilizado para exercícios aeróbicos e exercícios atléticos. Quando a bola é invertida, pode ser usada como uma ferramenta para a formação de equilíbrio e neste caso, podemos esperar exercícios mais complicados.

A sua ação é tão grande que atletas profissionais de ski, surf e snowboarding utilizam para melhorar o seu desempenho.

Por ser um equipamento muito seguro permite que qualquer pessoa, independente do nível de atividade física, consiga resultados efetivos no treino de equilíbrio. É também um equipamento que desafia os mais experientes, o que possibilita a sua evolução.

Os principais benefícios físicos do treinamento com o Bosu são:

– melhoria do equilíbrio

– aumento da força

– aumento da agilidade e coordenação

– correção postural

– definição corporal e tonificação muscular

– aumento da mobilidade e da flexibilidade

E, para além de todos estes benefícios será que o treino com o Bosu queima muitas calorias e elimina gorduras?

A resposta é sim. Dependerá sempre da intensidade do teu treino. Mas se os exercícios forem executados corretamente e o treino prescrito for de alta intensidade, numa aula com duração de 60 minutos há um gasto de aproximadamente 800 calorias. Há quem afirme que “10 abdominais feitas no Bosu correspondem a 42 abdominais sem o equipamento”, devido à “luta” constante em procurar o equilíbrio. Esta afirmação não tem carácter científico, no entanto, por experiência própria, acredito nela.

Se por outro lado o que se pretende é um trabalho de reabilitação, alongamento, coordenação ou um treino de resistência, o Bosu tem como finalidade atender a todas as necessidades individuais de cada pessoa em qualquer aula ou situação.

Se estão a começar a vossa atividade física, ou há muito tempo que não fazem qualquer tipo de exercício, não há problema, começamos com exercícios de fácil execução, poucas repetições e séries e, intensidade moderada. Temos sempre que adequar os treinos ou protocolos aos alunos e suas possíveis limitações.

Realize sempre os seus exercícios e aulas com um profissional qualificado, ou sozinho se conhecer muito bem os exercícios que irá realizar, se tiver noção das suas limitações e consciência corporal.

Exercícios com BOSU que o vão ajudar a manter a boa forma:

Agachamentos

Há várias maneiras de fazer agachamentos na bosu. Se for principiante, deve começar por fazê-los com a base rija da bosu assente no chão.

Pode também apoiar um pé na Bosu e outro no solo e fazer agachamentos e depois trocar a perna.

Agachamento com apoio do pé na bola e outro no solo, salte e troque os apoios.

Agachamento com apoio do pé no solo, salte e apoie na bola.

Se já estiver mais habituado ao equipamento, vire a bosu ao contrário e apoia-se de forma equilibrada. Suba e, lentamente faça um agachamento, certificando-se que o corpo se mantém estável, para não se desequilibrar e correr o risco de cair.

Pranchas

Prancha frontal – Coloque a cópula da bosu para cima e apoie os antebraços. Depois, assuma a posição de prancha e mantenha-se estável durante um minuto.

Prancha lateral – Apoie as mãos na BOSU, rode o tronco e apoie lateralmente os pés. Uma mão fica apoiada na Bosu e o braço livre estica. No final repetir o exercício para o outro lado.

Mountain climbers – Apoie as mãos na BOSU e adote a posição de prancha. Com os braços apoiados em paralelo, eleve cada um dos joelhos até ao peito, o mais rapidamente possível, entre 30 a 60 segundos. Mantenha as costas direitas para que sinta o exercício nos abdominais.

Abdominais

Abdominal reto – Sente-se sobre a BOSU e assegura que os pés estão bem apoiados no chão de forma a formar um ângulo de 90º com os joelhos. Depois, realize o movimento característico dos abdominais. Fletir o tronco e retomar a posição inicial.

Abdominal oblíquo – Sente-se sobre a BOSU, com a lombar sempre apoiada, Flita e rode o tronco, eleva a perna e toca com a mão na perna contrária, retoma a posição inicial. Repete para o outro lado.

Flexões

Com a cúpula virada para cima, apoia as mão na Bosu, mantem o corpo empranchado e realiza o movimento de flexão de braços.

Prancha, agachamento e elevação de bosu

E se num único exercício conjugar prancha, agachamento e elevação de bosu. Aqui está, experimente. 10 repetições

 

Facebook: @thegirlnextdoor.fromportugal
Instagram: filipa.s.custodio
Email: filipascustodio@hotmail.com

Fotografia: Nuno Silva e Pinto

 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close