Sociedade

Bombeiros ajudam crianças de Cabo Verde

O projeto de solidariedade Djunta Mon, criado pela Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP), pretende levar até aos alunos carenciados de Cabo Verde todo o tipo de material escolar. O atleta Nelson Évora apadrinha esta iniciativa que, es
Versão para impressão
O projeto de solidariedade Djunta Mon, criado pela Associação Nacional
de Bombeiros Profissionais (ANBP), pretende levar até aos alunos
carenciados de Cabo Verde todo o tipo de material escolar. O atleta
Nelson Évora apadrinha esta iniciativa que, este ano, também conta com
o apoio de alunos da Universidade Portucalense, no Porto.

Djunta Mon (“Juntar Mãos”) é um projeto de âmbito nacional cuja mobilização começou no passado mês de março. A segunda fase de trabalhos teve início na primeira semana de abril e, para a angariação do material escolar necessário às crianças de Cabo Verde, os voluntários procuram contactar entidades públicas e privadas sensíveis à causa e estarão presentes em zonas comerciais como supermercados, para sensibilizar os demais cidadãos.  

Na região do Porto, o projeto é mobilizado sobretudo pela Cooperativa Cultural Atlas que, desde 1997, incentiva à intervenção local no âmbito da animação sociocultural e comunitária.

Foi através desta organização, da qual é voluntária, que Marta Miranda desenvolveu interesse pelo projeto Djunta Mon: “Uma vez que na nossa universidade há muitos alunos Cabo-Verdianos a estudar, no âmbito do sistema de mobilidade, pareceu-nos interessante dar continuidade a este projecto (…) para as crianças poderem ter direito a estudar e a usufruir de um futuro mais sorridente. Sinto-me privilegiada em poder ajudar neste sentido”, declara ao jornal Expresso das Ilhas.

Tal como Marta, também Pedro Viterbo, Beni Teodoro e Otília Dias são finalistas do curso de Educação Social e estão envolvidos nesta causa, para a qual também contribui a Associação de Estudantes Cabo-Verdianos do Porto.

“Livros, lápis, borrachas, estojos, cadernos, computadores, enfim, todo o tipo de material poderá ajudar os estudantes mais carenciados de Cabo Verde”, afirma Pedro Viterbo.

A semana de recolha de material corresponderá à terceira semana de maio (Semana da Educação Social). Antes disso, será ainda criada uma página no Facebook acerca do projeto e um blog para recrutamento de voluntários, adianta o Expresso das Ilhas.

[Notícia sugerida pelo utilizador Francisco Santos]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close