Desporto Em Destaque

Bodyboard Girls Experience powered by Buondi 

Atleta pode conquistar o primeiro título do circuito mundial APB (Association of Professional Bodyboarders)
Versão para impressão
por redação

Joana Schenker conquistou, no Bodyboard Girls Experience powered by Buondi o quarto título europeu consecutivo e pode conquistar o primeiro título do circuito mundial APB (Association of Professional Bodyboarders).

A bodyboarder algarvia qualificou-se para as meias-finais do evento madeirense que contabiliza pontos para os circuitos europeu (European Surfing Federation Bodyboard Tour) e para o circuito mundial APB, mas foi a surpreendente eliminação da concorrente direta à coroa europeia, Teresa Almeida, nos quartos de final, que selou o “tetra” europeu.

“Sinceramente, pensava que tinha de levar a decisão do Europeu bem mais longe do que aconteceu, mas a competição é mesmo assim já vi isto acontecer várias vezes. Acho que o importante é pensar sempre que vai ser difícil e não pensar que as coisas se resolvem sozinhas, embora, às vezes, é o que acontece”, confessou Schenker no final, mostrando-se ainda um pouco em choque com o desfecho da corrida ao título da Federação Europeia de Surf.

A mira da tetracampeã nacional e europeia centra-se agora na possibilidade da conquista do título mundial, um feito só possível através de uma vitória no evento de hoje.

Um cenário que, apesar da responsabilidade histórica, não a intimida:

“Estou muito contente com essa situação, mas não pensava em estar em condições de poder vencer o título este ano. A vitória em Sintra [No Sintra Portugal Pro], a semana passada, abriu as portas a esta possibilidade, mas a verdade é que só o facto de vencer Sintra já era muito bom. O objectivo desta temporada, era ficar no ‘top 8’ mundial ou, pelo menos, melhorar o quarto lugar do ano passado. Ora, neste momento, o ‘top 3’ já está garantido, pelo que tudo o que vier a mais que isso já é extraordinário. Vou fazer todos os possíveis para conquistar este título mundial, mas se não o conseguir…já foi um ano espectacular.”

Hoje veremos se Joana Schenker conquista o maior feito de sempre do bodyboard nacional, e em território português.

Mas, para isso, Joana terá, antes de mais nada, passar as meias-finais, num heat complicadíssimo, com três campeãs do Mundo: Alexandra Rinder, das Canárias, e as brasileiras Neymara Carvalho, cinco vezes campeã do Mundo, e Isabela Sousa, quatro vezes campeã do Mundo e a detentora da coroa. Uma final antecipada com implicações no título mundial, já que Alexandra Rinder é, neste momento, a maior concorrente de Joana no “ranking” APB.

Na outra meia-final, defrontam-se a japonesa Sari Ohhara, que hoje foi a atleta mais em foco, com a nota mais alta do dia, um 9,5, a jovem surpresa das Canárias, Teresa Padilla, a havaiana Traci Effinger e a consagrada portuguesa, múltipla campeã nacional, Catarina Sousa.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close