Ambiente

Berlengas e Santana classificadas pela UNESCO

NULL
Versão para impressão

As Berlengas e o concelho de Santana, na Madeira, foram classificados pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), como Reserva Mundial da Biosfera. Com estas novas classificações Portugal passa a ter sete Reservas da Biosfera. O anúncio foi feito na reunião anual do Comité da UNESCO, esta quarta-feira, em Dresden, na Alemanha.

A Reserva Mundial da Biosfera é uma classificação atribuída pela UNESCO a sítios do planeta habitados ou não por humanos, mas onde a presença do homem já se tenha verificado, e que mesmo assim tenham respeitado a natureza da sua formação, de acordo o site oficial.

A UNESCO destaca as Berlengas, um grupo de pequenas ilhas e rochas, um arquipélago visitado por turistas, Pescadores e cientistas, que exploram a diversidade da zona, respeitando a sua biosfera. Segundo o site oficial, “os utilizadores das ilhas promovem e respeitam o desenvolvimento sustentável assim como a sua conservação”.

Em relação ao concelho de Santana, na Madeira, é reconhecida pela organização devido à “riqueza da fauna e da flora, que incorpora um elevado grau endémico e uma representação integral das unidades ecológicas da ilha”. A UNESCO sublinha a importância dos ecossistemas marinhos e da floresta Laurissilva, apesar da atividade turística e da agricultura dominante. 

Com a classificação de Santana e das Berlengas, Portugal passa a ter sete Reservas da Biosfera, três das quais no arquipélago dos Açores. São elas as ilhas do Corvo, Graciosa e Flores, além da Reserva Natural de Paul de Boquilobo e do Parque Internacional Luso-Galaico Gerês/Xurês.

Clique AQUI para aceder às classificações da UNESCO.

[Notícia sugerida por Vitor Fernandes e Teresa Teixeira]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close