Saúde

Beber vinho tinto pode prevenir perda de audição

Os efeitos protetores do consumo moderado de vinho tinto para a saúde estão longe de ser uma novidade, mas os investigadores continuam a descobrir mais benefícios relacionados com a sua ingestão.
Versão para impressão
Os efeitos protetores do consumo moderado de vinho tinto para a saúde estão longe de ser uma novidade, mas os investigadores continuam a descobrir mais benefícios relacionados com a sua ingestão. Um novo estudo acaba de revelar que um composto encontrado neste tipo de vinho e nas uvas usadas para a sua produção é capaz de prevenir a perda de audição. 
 
Em comunicado, os especialistas do Henry Ford Hospital, em Detroit, nos EUA, responsáveis por este trabalho, afirmam que o químico resveratrol, presente no vinho e nas uvas e que ajuda a evitar doenças cardíacas e o desenvolvimento de demências, deverá ser a chave desta capacidade de prevenção.
 
Durante um estudo realizado em laboratório, os investigadores concluíram que ratinhos saudáveis tinham menor probabilidade de sofrer de perda de audição em consequência de ruído elevado quando lhes era administrado resveratrol antes da exposição a um som alto por um longo período de tempo. 
 
Michael Seidman, coordenador da investigação cujos resultados foram publicados na revista científica Otolaryngology-Head and Neck Surgery, explica que “o estudo se focou nas propriedades do resveratrol e nos seus efeitos ao nível das respostas do organismo às agressões”.
 
Segundo Seidman, estas respostas “são, de acordo com a crença dos especialistas, a causa de muitos problemas de saúde como o Alzheimer e o cancro, bem como do envelhecimento e da perda de audição”.
 
“O resveratrol é um químico muito poderoso que parece proteger o organismo contra os processos inflamatórios”, acrescenta o investigador, que realça que o estudo provou que “a administração de resveratrol permite reduzir o declínio auditivo e cognitivo”. 
 
Esta não é a primeira vez que os cientistas chamam a atenção para os benefícios desta substância. Recentemente, investigadores israelitas defenderam também que o resveratrol ajuda a prevenir a formação de mau colesterol no organismo e especialistas britânicos revelaram que beber um copo de vinho tinto por dia pode prevenir o cancro no intestino.

Clique AQUI para aceder ao resumo do estudo (em inglês). 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close