Mundo

Bebé dá sinais de vida depois de declarado como morto

Dez horas depois de ter sido dado como morto, um bebé recém-nascido voltou a dar sinais de vida quando já se encontrava na morgue, no hospital de Quibdó, na Colômbia.
Versão para impressão
Dez horas depois de ter sido dado como morto, uma bebé recém-nascida voltou a dar sinais de vida quando já se encontrava na morgue, no hospital de Quibdó, na Colômbia.

A mãe, Jenny Adriana Hurtado, chegou ao hospital São Francisco de Assis, em Quibdó, no dia 13 de Novembro, em trabalho de parto apesar das curtas 27 semanas de gestação. A equipa médica procedeu ao parto prematuro através de uma cesariana, mas, de acordo com o Daily News, a bebé nasceu com alguns órgãos que não estavam completamente formados, apresentado também vários problemas respiratórios.

Sem registar quaisquer sinais vitais 35 minutos depois, os médicos acabaram por dar a recém-nascida como morta. No entanto, para surpresa de todos, dez horas depois, um funcionário do hospital foi buscar o suposto óbito à morgue quando se apercebeu de alguns movimentos e, inclusive, de um choro muito suave. 

 
Apesar de fora de perigo, a menina encontra-se agora na clínica Santa Teresita del Niño Jesus, em Bogotá, onde está a ser acompanhada de perto pelos especialistas. Durante os próximos dois meses, a pequena de apenas 880 gramas terá de permanecer na incubadora. Por achar que o que aconteceu à bebé foi um autêntico milagre, a família acabou por dar o nome de Milagros ao mais recente membro da família que, durante horas, julgaram perdido.

Notícia sugerida por Raquel Baêta

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close