Sociedade

Barreiro: autocarro “humano” leva crianças à escola

NULL
Versão para impressão
Esta segunda-feira, seis alunos da escola básica do Lavradio, no Barreiro, foram de sua casa ao estabelecimento de ensino num autocarro muito especial sem rodas nem motor. Durante alguns dias da semana, o pedibus, ou “autocarro humano”, guiará estes alunos seguindo um percurso estabelecido com paragens e horários definidos.
 
Três escolas do Barreiro aderiram às propostas de mobilidade do projeto “A Pé para a Escola”. No entanto, explica ao Boas Notícias o professor Pedro Nogueira, do Barreiro, “apenas na escola EB do Lavradio foi possível, nesta fase, implementar o Pedibus já que nas outras duas escolas não houve voluntários para conduzir os alunos”.

Para cada grupo de seis alunos é necessário um “condutor” adulto que assume a responsabilidade de encaminhar em segurança os mais novos pelo percurso estabelecido até à escola.

No Lavradio, três encarregados de educação ofereceram-se para desempenhar esta tarefa de forma voluntária, entre segunda e quarta-feira. Hoje arrancou o primeiro pedibus e o “serviço” está assegurado até ao final do ano lectivo, a 22 de junho.

Na EB1/JI Professor Rita Seixas há alunos inscritos no “autocarro humano” mas aguarda-se ainda a inscrição de condutores voluntários para arrancar com o pedibus. Na EB1/JI Nº 8 optou-se por outra solução – a mobilidade autónoma – que passa por marcar pontos de encontro para que os alunos se dirijam em grupo, embora sem adultos, até à escola.

Aposta na sensibilização e informação

Apesar da adesão dos encarregados de educação ainda não ser massiva, Pedro Nogueira diz que este nível de”participação é normal, comparando com outras cidades onde o projeto já foi testado, como Viana do Castelo e Castelo Branco”.

Entretanto, a autarquia continua a apostar na “sensibilização e informação dos alunos e encarregados” para que, no próximo ano lectivo, mais escolas façam parte do programa de mobilidade.

A ideia do Pedibus está integrada no projeto internacional “Walk to School” [A pé para a escola, em português] que no nosso país é desenvolvido e coordenado pelo CESNOVA – Centro de Estudos de Sociologia da Universidade Nova de Lisboa com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian.
 
A Câmara do Barreiro e câmara de Loures aceitaram funcionar como autarquias piloto deste projeto. As escolas de Loures envolvidas são as EB1/JI da Flamenga, em Santo António dos Cavaleiros, a EB1/JI de Sacavém e a EB1/JI do Fanqueiro.
 
Os objetivos gerais do projeto passam pelo combate à obesidade infantil e por promover a atividade física mas também por ensinar as crianças a viver a rua e o espaço urbano. 

Clique para saber mais sobre o projeto A Pé para a Escola.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes] [Notícia atualizada a 16/05/2011 às 13h007]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close