Saúde

Banco de medicamentos grátis está a ser ultimado

O Governo anunciou que o "Banco de Medicamentos", que será desenvolvido em parceria com o Infarmed e a Apifarma para que as instituições sociais tenham acesso a medicamentos e os disponibilizem gratuitamente a idosos, está a ser ultimado.
Versão para impressão
O ministro da Solidariedade, Pedro Mota Soares, garantiu esta terça-feira na comissão de trabalho, no Parlamento, que o “Banco de Medicamentos” está a ser ultimado. Trata-se de um projeto desenvolvido em parceria com o Infarmed e a Apifarma para que as instituições sociais tenham acesso a medicamentos e os disponibilizem gratuitamente a idosos.
 
A medida em questão tem o objetivo de fazer chegar aos mais velhos os medicamentos que estão a seis meses de chegar ao fim do prazo e que, portanto, estão impedidos por lei de entrar no circuito comercial.
 
De acordo com o Governo, a distribuição dos medicamentos, que visa dar a mão a quem mais precisa e, ao mesmo tempo, combater o desperdício, será feita através de locais próprios e credenciados nas instituições sociais, com salvaguarda das regras legais de segurança. 
 
Com um custo de 400 milhões de euros no primeiro ano, o programa, que vai procurar identificar as situações de resposta mais urgente, vigorará até Dezembro de 2014, estimando-se que vá ajudar três milhões de pessoas.
 
O “Banco de Medicamentos” insere-se no Programa de Emergência Social, um dos compromissos assinados pelo PSD e pelo CDS-PP após as últimas eleições.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close